Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

sábado, 18 de fevereiro de 2017

1

PF E GUARDA PORTUÁRIA APREENDEM 12 KG DE SKANK NO PARÁ




Os agentes observaram o aparente nervosismo de uma passageira e ao solicitarem a abertura da bolsa que transportava, foi localizado em seu interior 6 tabletes da droga

Por volta de meio-dia deste sábado, a Polícia Federal (PF) e a Guarda Portuária (Gport) apreenderam no Porto de Óbidos, no Pará, aproximadamente 12 Kg de maconha concentrada (Skank).
Durante a fiscalização, na embarcação “Golfinhos do Mar II”, que faz o transporte de passageiros entre Manaus e Santarém, da qual participavam os guardas portuários Gonçalves e Matos, juntamente com cinco policiais federais, os agentes observaram o aparente nervosismo de uma passageira e ao solicitarem a abertura da bolsa que transportava, foi localizado em seu interior 6 tabletes da droga, cada um pesando aproximadamente 2kg.


A passageira, identificada como sendo Railane Sampaio da Silva, de 21, disse que que tinha recebido a importância de R$ 3.000.00 para levar o entorpecente até Santarém, para posteriormente ser enviado para Macapá-PA. Essa fiscalização é realizada rotineiramente em todas as embarcações que fazem esse tipo de transporte.
Após o flagrante, ela e a droga que foi apreendida foram encaminhadas para a sede da Polícia Federal em Santarém.
Skank
Skunk é uma variedade de maconha (cannabis sativa) criada a partir do cruzamentos das variedades Columbia Gold, Mexican Acapulco Gold e Afghani; duas Sativas e uma variedade Indica (75% Sativa, 25% Indica) criando uma espécie hibrida perfeita para cultivo em locais fechados por não crescer muito como  as Sativas tradicionais.
O skank não chega a ser uma maconha transgênica, porque a estrutura molecular da semente não é modificada. A diferença está no cultivo, feito em estufas com tecnologia hidropônica — plantação em água.  

O que diferencia o skank da maconha comum é a capacidade entorpecente. Em ambos, o princípio psico-ativo é o tetra-hidro-canabinol (THC). Na maconha, a concentração percentual nas folhas, flores e frutos prensados fica em torno de 2,5%. No skank, estudos apontam que o índice de THC pode ser de até 17,5%. Com isso, a quantidade necessária para a planta modificada produzir a mesma sensação da normal é muito menor. Os cuidados com a produção fazem com que a droga tenha um alto preço no mercado.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Um comentário:

  1. F O POSITIVO A GUARDA PORTUÁRIA DO BRASIL, PELO EXCELENTE SERVIÇO PRESTADO. PARABÉNS.

    SÓ UMA RETIFICAÇÃO: MACAPÁ, É A CAPITAL DO ESTADO DO AMAPÁ. OBRIGADO.

    GP PIRES - CDSA AP.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES