Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

sábado, 18 de fevereiro de 2017

1

PF E GUARDA PORTUÁRIA APREENDEM 12 KG DE SKANK NO PARÁ




Os agentes observaram o aparente nervosismo de uma passageira e ao solicitarem a abertura da bolsa que transportava, foi localizado em seu interior 6 tabletes da droga

Por volta de meio-dia deste sábado, a Polícia Federal (PF) e a Guarda Portuária (Gport) apreenderam no Porto de Óbidos, no Pará, aproximadamente 12 Kg de maconha concentrada (Skank).
Durante a fiscalização, na embarcação “Golfinhos do Mar II”, que faz o transporte de passageiros entre Manaus e Santarém, da qual participavam os guardas portuários Gonçalves e Matos, juntamente com cinco policiais federais, os agentes observaram o aparente nervosismo de uma passageira e ao solicitarem a abertura da bolsa que transportava, foi localizado em seu interior 6 tabletes da droga, cada um pesando aproximadamente 2kg.


A passageira, identificada como sendo Railane Sampaio da Silva, de 21, disse que que tinha recebido a importância de R$ 3.000.00 para levar o entorpecente até Santarém, para posteriormente ser enviado para Macapá-PA. Essa fiscalização é realizada rotineiramente em todas as embarcações que fazem esse tipo de transporte.
Após o flagrante, ela e a droga que foi apreendida foram encaminhadas para a sede da Polícia Federal em Santarém.
Skank
Skunk é uma variedade de maconha (cannabis sativa) criada a partir do cruzamentos das variedades Columbia Gold, Mexican Acapulco Gold e Afghani; duas Sativas e uma variedade Indica (75% Sativa, 25% Indica) criando uma espécie hibrida perfeita para cultivo em locais fechados por não crescer muito como  as Sativas tradicionais.
O skank não chega a ser uma maconha transgênica, porque a estrutura molecular da semente não é modificada. A diferença está no cultivo, feito em estufas com tecnologia hidropônica — plantação em água.  

O que diferencia o skank da maconha comum é a capacidade entorpecente. Em ambos, o princípio psico-ativo é o tetra-hidro-canabinol (THC). Na maconha, a concentração percentual nas folhas, flores e frutos prensados fica em torno de 2,5%. No skank, estudos apontam que o índice de THC pode ser de até 17,5%. Com isso, a quantidade necessária para a planta modificada produzir a mesma sensação da normal é muito menor. Os cuidados com a produção fazem com que a droga tenha um alto preço no mercado.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Um comentário:

  1. F O POSITIVO A GUARDA PORTUÁRIA DO BRASIL, PELO EXCELENTE SERVIÇO PRESTADO. PARABÉNS.

    SÓ UMA RETIFICAÇÃO: MACAPÁ, É A CAPITAL DO ESTADO DO AMAPÁ. OBRIGADO.

    GP PIRES - CDSA AP.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES