Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

quinta-feira, 1 de junho de 2017

0

POLÍCIA PORTUÁRIA RESGATA CÃO NO PORTO DE TARRAGONA, NA ESPANHA




O agente não hesitou em pular na água para resgatar o animal
Foram apenas alguns minutos, mas de grande estresse e angústia ao ver quando seu cão Noah afundou nas águas do Porto de Tarragona.  Maite, soluçando e nervosa, solicitou a ajuda da Polícia Portuária. Os dois anjos salvadores chegaram. Um deles, Adrià, não hesitou em mergulhar no mar para resgatar o animal. Ontem, o proprietário, cão e o agente se encontraram novamente. O cão se recusou a ser fotografado no lugar onde ele caiu na água, já totalmente recuperado e de volta à vida normal.
Como haviam feito muitas vezes, Maite e seu marido saíram na última sexta-feira para um passeio na Marina Tarraco  com o seu cão Noah, um pinscher de dois anos. Quando chegaram ao final do passeio, perto para da ponte móvel, o cão mordeu a coleira de couro. "Nós não percebemos no momento e de repente vimos que Noah não estava, tinha caído na água na única área não sem proteção", disse ontem Maite, muito mais calma. Eram dez horas na noite e ela ligou para o telefone de emergência da Polícia Portuária. "Ela estava muito nervosa, e estava difícil de entender”, lembrou Adrià, o agente que atendeu na viatura. A interlocutora informara que o seu cão estava se afogando e que ele era muito pequeno.
Rumo ao lugar


Adrià e seu parceiro de equipe Jorge foram ao local para atender a chamada. "Quando chegamos vimos o marido de cueca preparado para saltar para a água. Eu disse a ele que eu ía mergulhar, porque ele tinha tido realizado recentemente uma cirurgia no joelho, pois usava uma prótese", comentou Adrià. E pulei na água no momento em que o cão começou a afundar, "Eu o peguei, coloquei no meu seu ombro e ele começou a vomitar, enquanto meu companheiro jogou um dos salva-vidas que estão espalhados pela área”.
Eu subi através de uma escada para barcos. "O cão não tinha forças para latir", comentou Adrià. Ele foi devolvido aos seus proprietários que o enxugaram com casaco. Noah e seus proprietários foram para casa, onde eles lhe deram um banho de água quente. Como ainda estava vomitando, no dia seguinte, eles foram para o veterinário, que lhes disse que estava bem. No entanto, ele continuou a ter diarreia em virtude da água que tinha ingerido.
Enquanto isso, o agente foi tomar banho, colocar uma roupa seca e até mesmo uma camisa de mangas compridas. "A água estava fria, mas no final o que importa é que ele esta bem. Ele estava muito mal quando saiu da água", afirmou.
"Ele parecia maior na noite", brincou Adrià ver Noah novamente em plena luz do dia. Ao lado dos seus colegas e o chefe da Polícia Portuária, ontem tivemos uma reunião com Maite e Noah. O agente estava com o braço imobilizado. Ele apressou-se a dizer que ele não tinha se machucado durante o resgate, mas jogando futebol.
Apesar da má experiência na sexta-feira à noite, ele diz Maite continuar indo a pé Marina Tarraco. E se o seu cão pelo menos a atitude de ontem sessão de fotos, não vai se aproximar da costa. Se por acaso.
Apesar da má experiência na noite de sexta-feira, Maite garante que continuará a caminhar na Marina Tarraco. E tenha a certeza de que o seu cão, pelo menos pela atitude realizada ontem na sessão de fotos, não vai chegar perto da margem.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES