Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

sexta-feira, 14 de julho de 2017

0

CODESA APRESENTA AÇÕES DE SEGURANÇA PORTUÁRIA EM BRASÍLIA




As medidas adotadas visam a obtenção do Código Internacional para a Segurança de Navios e Instalações Portuárias (ISPS Code)

Em busca da melhoria da gestão operacional e administrativa, além da organização e planejamento de serviços relacionados à segurança portuária, a CODESA apresentou, na última quinta-feira (22), em Brasília, suas principais ações na área de segurança. As medidas adotadas visam a obtenção do Código Internacional para a Segurança de Navios e Instalações Portuárias (ISPS Code), que garante a certificação de segurança e a proteção de navios e instalações portuárias.
A reunião, coordenada pela Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis, aconteceu na Conportos. O objetivo é integrar as atividades desempenhadas pelas entidades e órgãos públicos nos portos e instalações das autoridades portuárias do país.
A CODESA apresentou um relatório das atividades de inteligência em logística portuária; obras de Expansão do Cais Comercial e do Cais de Atalaia, que buscam maior competitividade na economia; ações de segurança integrada, incluindo a participação ativa no Grupo de Trabalho junto à SESP (Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social) e nas ações de segurança pública durante as Olimpíadas 2016, dentre os diversos treinamentos e capacitações dispostos para os guardas portuários.
Apresentou, ainda, os investimentos feitos pelo Governo Federal através de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o que possibilitou a implantação do VTMIS, sistema de auxílio eletrônico à navegação e monitoração ativa do tráfego aquaviário, e da Cadeia Logística Portuária Inteligente (CLPI), que altera a estrutura de acesso do Porto Organizado.
"Com todas as ações e projetos de infraestrutura e inteligência portuária apresentados pela CODESA à Conportos, a relação entre a Companhia e os órgãos regulamentadores se estreitam, aumentando a confiança mútua. Isso coloca o Porto de Vitória em uma situação de destaque nacional, como um dos portos públicos mais seguros e confiáveis do Brasil", destaca o chefe de serviço da COSNIP da CODESA, Nelson Dias dos Santos.
Na reunião em Brasília, o presidente da CODESA foi representado pelo coordenador de Gestão Empresarial, Francisco Milfont, acompanhado do coordenador de Segurança Portuária, Enildo Pereira Gonçalves Júnior, e pelo agente Nelson Dias dos Santos. Presentes, ainda, representantes da Conportos, Antaq, Ministério dos Transportes, Ministério das Relações Anteriores, Marinha do Brasil, Ministério da Defesa e Secretaria de Portos.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES