Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

0

PF PRETENDE AUMENTAR INTERCÂMBIO DE INFORMAÇÕES COM AGÊNCIAS AMERICANAS




A parceria com o DEA, as ações de capacitação conjuntas e a troca de dados, contribuíram para o recorde na apreensão de drogas em 2017

O Diretor-Geral da Polícia Federal viajará aos Estados Unidos com o objetivo de fortalecer a relação de interesses mútuos no âmbito de segurança já existente entre os países. Na agenda do Diretor-Geral, estão previstos encontros com os dirigentes das principais agências norte-americanas com as quais a PF realiza cooperação policial, além de visita a instalações.
Com as agências americanas, parceiras no enfrentamento de diversas modalidades criminosas transnacionais, a Direção visa o compartilhamento de tecnologias, programas de treinamento, capacitação de policiais e a abertura de novas adidâncias temáticas policiais nos EUA.
O combate próximo entre forças policias nacionais e estrangeiras tem obtido resultados relevantes no enfrentamento a crimes como o tráfico internacional de drogas, armas e de pessoas, a lavagem de dinheiro, os crimes cibernéticos e a pornografia infantil, entre outros. Esse tipo de atuação integrada, entretanto, pode ser ainda maior.
“Nossa intenção é aprofundar a troca de informações com as Agências norte-americanas, verificando onde a relação entre a PF e as autoridades das forças de segurança norte-americanas pode ser expandida e aperfeiçoada. Uma estratégia eficaz e ágil de combate a organizações criminosas transnacionais exige a implementação de novas estratégias e canais diretos de cooperação internacional entre as polícias de todo o mundo”, explica o Delegado Fernando Segovia, Diretor-Geral da Polícia Federal.
Outra intenção do diretor-geral será aprofundar o intercâmbio de informações relacionadas ao combate à difusão de notícias falsas, as fake news, durante o processo eleitoral de 2018 para, juntamente com o grupo de trabalho criado no âmbito do TSE, estabelecer uma nova metodologia de combate mais efetiva. Para isso serão compartilhadas as experiências e aprendizados com os casos de fake news ocorridos na última eleição presidencial norte-americana.
Resultados
Frutos das parcerias já existentes, o combate à pornografia infantil, ao tráfico de drogas e mais recentemente ao tráfico de armas, vem apresentando resultados expressivos.
Em 2017, um inédito trabalho de rastreamento de armas, iniciativa conjunta de alcance global, demonstrou como o compartilhamento direto de informações entre as polícias é indispensável para o enfrentamento das criminalidades mais violentas. Com este trabalho da Central de Rastreamento, foi possível traçar as rotas pelas quais armas vendidas legalmente em território norte-americano eram traficadas para organizações criminosas brasileiras.
A histórica parceria com o DEA, as ações de capacitação conjuntas e a troca constante de dados, também contribuíram para o recorde da Polícia Federal na apreensão de drogas no Brasil em 2017. No total foram apreendidas 353 toneladas de maconha e mais de 47 toneladas de cocaína, além de um expressivo aumento de 26% na apreensão de cocaína em aeroportos em relação a 2016.
No combate à pornografia infantil, a cooperação se dá com o ICE, o FBI e as corporações de tecnologia norte-americanas. O intercâmbio de informações deu bons resultados; em 2017 foram realizadas 245 operações de combate à pornografia infantil, com um total de 110 indivíduos presos.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                                                                                                                         
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                                                  
                             COMENTÁRIOS                             

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES