Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quinta-feira, 26 de julho de 2018

0

PESCADORES INVADEM ÁREA RESTRITA DO PORTO DE SANTOS



Eles foram flagrados em patrulhamento da Alfândega e chegaram a se esconder sob píer da instalação portuária

Três pescadores foram multados em R$ 2,8 mil nesta quarta-feira (25) após serem flagrados nas proximidades da DP World, na Margem Esquerda do Porto de Santos, na Área Continental do Município. Além de estar em uma área de tráfego restrito, o trio ainda armou uma rede de pesca de cerca de 100 metros no píer do terminal. Todos estavam sem carteira profissional.

A Receita Federal localizou os pescadores embaixo de píer da DPW Word (Foto: Divulgação/PM)


Os pescadores se esconderam embaixo de um píer da instalação portuária. No momento do flagrante, não havia navio atracado naquele berço.


Policiais militares do 3° Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de São Paulo (Ciamar) aturaram em conjunto com a equipe embarcada da Receita Federal. Servidores da Alfândega do cais santista faziam patrulhamento de rotina, pela manhã, quando verificaram a pequena embarcação com três tripulantes a bordo.
Rede foi instalada embaixo do píer do terminal; área de segurança (Foto: Divulgação/PMA)
A Receita Federal acionou os policiais militares, que se dirigiram ao local. Por não portarem Carteira de Pesca, foram autuados em R$ 2,8 mil ao todo, com base no Artigo 38 da Resolução nº 48 de 2014, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente.
Porte de arma

Em pesquisa nos sistemas da polícia, foi constatado um alerta em desfavor de um dos tripulantes. O crime era de porte ilegal de arma de fogo. No entanto, não havia pendência a ser cumprida e o pescador foi liberado em seguida.
O Porto de Santos tem sido um local bastante utilizado para o tráfico internacional de drogas. Por este motivo, as autoridades policiais e aduaneiras costumam fazer rondas frequentes pelo canal de navegação.
Segundo a Polícia Militar Ambiental, foi realizada uma varredura em conjunto com uma equipe marítima da Receita Federal, em todos os terminais e comunidades que margeiam o canal do estuário, com o intuito de evitar a pirataria na região.
Procurada, a DPW World confirmou a ocorrência, mas informou que as operações do terminal não foram afetadas.
Fonte: G1 Santos


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES