Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

segunda-feira, 9 de julho de 2018

0

RECEITA FEDERAL APREENDE MAIS DE UMA TONELADA DE COCAÍNA NO PORTO DE PARANAGUÁ




No total foram apreendidos 1.271 kg da droga em duas ações distintas
Em 10 de junho, a Receita Federal apreendeu, no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá, cerca de 390 quilos de cloridrato de cocaína. A droga estava dentro de um contêiner carregado com compensados de madeira e que tinha como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica.
A apreensão aconteceu porque a porta do contêiner apresentava sinais de arrombamento e ao passar pelo scanner a equipe da Receita Federal encontrou a droga.  O entorpecente apreendido foi encaminhado à Polícia Federal, que passou a investigar o caso.

Na manhã do dia seguinte 11, houve uma nova apreensão, desta vez, o entorpecente estava dentro do braço mecânico de uma retroescavadeira que também estava sendo enviada para a Bélgica. No mesmo contêiner, um trator também era transportado. A droga pesou 881 quilos e foi retirada do interior do equipamento com a ajuda do Corpo de Bombeiros. As equipes tiveram que cortar o ferro da estrutura com máquinas especiais. O trabalho aconteceu ao longo de toda a segunda-feira. Nenhuma informação com relação à empresa que estava fazendo o transporte das máquinas e dos proprietários foi divulgada pela Receita Federal de Paranaguá

Polícia Federal
Equipes da Polícia Federal acompanharam a retirada do entorpecente que foi encaminhado para a sede da Polícia Federal em Curitiba. O trabalho de investigação ficou por conta da delegacia local, em Paranaguá. O delegado chefe da Polícia Federal em Paranaguá, Gilson Micoski Luz, explicou detalhes da apreensão e de como seria conduzida a investigação. “A partir desse momento, a Polícia Federal fará o levantamento de todo o material apreendido e iniciará as investigações através do inquérito policial. Chama a atenção essa quantidade de droga apreendida. Há um trabalho constante contra o crime organizado”, destaca o delegado.
“A Receita Federal está com equipamentos para averiguar todos os materiais e a tendência é trabalhar cada vez mais ativamente. Tudo que se relaciona a essa apreensão de hoje e outras será investigado. A cadeia de distribuição será investigada e vamos chegar aos criminosos”, ressalta Luz.




Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES