Postagem em destaque

TRAFICANTES ATIRAM CONTRA GUARDAS AO TENTAREM DESPACHAR 400 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

Ao fugir, caminhoneiro destruiu cancela de segurança, bateu em árvore, mas foi detido em flagrante com parte da droga Aproximadamen...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

0

VTMIS DO PORTO DE VITÓRIA COMPLETA UM ANO



O que realiza o controle de tráfego compreende os fundeadouros, canais de acesso aos portos de Vitória, Tubarão e Praia Mole e o mar territorial até 12 milhas náuticas da linha da costa

Nesse mês, completou um ano da implantação do Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS) do Porto de Vitória, no Espírito Santo. Esse sistema de controle de navegação é o único em operação nos portos brasileiros. Nesse período foram realizadas mais de 252 mil ações de controle de tráfego e incremento da segurança da navegação. Um total de 2.046 embarcações movimentaram os portos de Vitória, Praia Mole e Tubarão entre setembro de 2017 e setembro deste ano.
O balanço das atividades do VTMIS foi divulgado pela Coordenação de Gestão de Gerenciamento do Tráfego de Embarcações da Companhia Docas do Estado do Espírito Santo (CODESA). O coordenador Agostinho Sobral avalia como bastante positivos os resultados apurados: "Toda movimentação na área de fundeio, nos terminais e no Canal de Vitória é controlada. Além disso, são monitorados barcos pesqueiros, de passeio, lazer e eventos náuticos, inclusive à noite, por meio de câmeras de infravermelho de longo alcance", pontuou.
Balanço       
O boletim de operações do VTMIS destaca sete itens: Incidentes, acidentes, descumprimento de normas, ações de controle, comunicações, embarcações em trânsito e o acionamento de serviços aliados. Em um ano de operação, foram 23 incidentes, a maioria sobre falhas de motores – geralmente em pequenas embarcações e nenhum acidente no período. Os órgãos responsáveis por auxílio, socorro e/ou notificação foram acionados 22 vezes.
Um dos dados mais significativos é o que registra o descumprimento de normas e procedimentos. Nos quatro últimos meses de 2017, quando o sistema começou a operar, foram 25 notificações. Mas com o monitoramento as embarcações passaram a cumprir as determinações legais e as infrações vêm caindo: no primeiro trimestre deste ano foram 10; no segundo trimestre, quatro registros e de julho a setembro, apenas dois.
Movimentação
Entre setembro do ano passado e o mesmo período deste ano 2.046 navios circularam na área de cobertura. O sistema que realiza o controle de tráfego compreende os fundeadouros, canais de acesso aos portos de Vitória, Tubarão e Praia Mole e o mar territorial até 12 milhas náuticas da linha da costa.
Um total de 252.234 ações de controle e monitoramento de tráfego de embarcações foi registrado, inclusive disponibilização de imagens, em tempo real, para a Capitania dos Portos, o Núcleo Especial de Polícia Marítima (NEPOM) da Polícia Federal e Receita Federal, de Vitória, e dados meteoceanográficos para a Praticagem e outros órgãos aliados.
E no quesito ações de controle de tráfego, foram emitidas 25.773 comunicações no período de 12 meses, desde que entrou em operação dia 4 de setembro do ano passado.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          
                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário