Postagem em destaque

CONPORTOS REALIZA PESQUISA COM PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PORTUÁRIA

O formulário de pesquisa foi feito com o objetivo de traçar um perfil dos profissionais de segurança pública A Comissão Nacional de...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

0

VTMIS DO PORTO DE VITÓRIA COMPLETA UM ANO



O que realiza o controle de tráfego compreende os fundeadouros, canais de acesso aos portos de Vitória, Tubarão e Praia Mole e o mar territorial até 12 milhas náuticas da linha da costa

Nesse mês, completou um ano da implantação do Sistema de Informação e Gerenciamento do Tráfego de Embarcações (VTMIS) do Porto de Vitória, no Espírito Santo. Esse sistema de controle de navegação é o único em operação nos portos brasileiros. Nesse período foram realizadas mais de 252 mil ações de controle de tráfego e incremento da segurança da navegação. Um total de 2.046 embarcações movimentaram os portos de Vitória, Praia Mole e Tubarão entre setembro de 2017 e setembro deste ano.
O balanço das atividades do VTMIS foi divulgado pela Coordenação de Gestão de Gerenciamento do Tráfego de Embarcações da Companhia Docas do Estado do Espírito Santo (CODESA). O coordenador Agostinho Sobral avalia como bastante positivos os resultados apurados: "Toda movimentação na área de fundeio, nos terminais e no Canal de Vitória é controlada. Além disso, são monitorados barcos pesqueiros, de passeio, lazer e eventos náuticos, inclusive à noite, por meio de câmeras de infravermelho de longo alcance", pontuou.
Balanço       
O boletim de operações do VTMIS destaca sete itens: Incidentes, acidentes, descumprimento de normas, ações de controle, comunicações, embarcações em trânsito e o acionamento de serviços aliados. Em um ano de operação, foram 23 incidentes, a maioria sobre falhas de motores – geralmente em pequenas embarcações e nenhum acidente no período. Os órgãos responsáveis por auxílio, socorro e/ou notificação foram acionados 22 vezes.
Um dos dados mais significativos é o que registra o descumprimento de normas e procedimentos. Nos quatro últimos meses de 2017, quando o sistema começou a operar, foram 25 notificações. Mas com o monitoramento as embarcações passaram a cumprir as determinações legais e as infrações vêm caindo: no primeiro trimestre deste ano foram 10; no segundo trimestre, quatro registros e de julho a setembro, apenas dois.
Movimentação
Entre setembro do ano passado e o mesmo período deste ano 2.046 navios circularam na área de cobertura. O sistema que realiza o controle de tráfego compreende os fundeadouros, canais de acesso aos portos de Vitória, Tubarão e Praia Mole e o mar territorial até 12 milhas náuticas da linha da costa.
Um total de 252.234 ações de controle e monitoramento de tráfego de embarcações foi registrado, inclusive disponibilização de imagens, em tempo real, para a Capitania dos Portos, o Núcleo Especial de Polícia Marítima (NEPOM) da Polícia Federal e Receita Federal, de Vitória, e dados meteoceanográficos para a Praticagem e outros órgãos aliados.
E no quesito ações de controle de tráfego, foram emitidas 25.773 comunicações no período de 12 meses, desde que entrou em operação dia 4 de setembro do ano passado.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          
                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário