Postagem em destaque

CODESP: COMISSIONADO NÃO TERIA CURSO PARA ASSUMIR SUPERINTENDÊNCIA DA GUARDA PORTUÁRIA

Para exercer a superintendência da Guarda, o ex-militar Luis Fernando Baptistella teria que cumprir o que preconiza a Constituição da...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 2,2 TONELADAS DE COCAÍNA NO PORTO DE PARANAGUÁ



A droga estava escondida em carga de madeira que iria para a Holanda
A Alfândega da Receita Federal no Porto de Paranaguá/PR realizou duas apreensões importantes de cloridrato de cocaína, totalizando mais de 2,2 toneladas.

A primeira apreensão aconteceu na manhã do dia 25 de janeiro quando foram encontrados 1.126,5 kg de cocaína em meio a uma carga de madeira, em pallets. A droga chegou ao porto no meio da carga.

Dois contêineres suspeitos, da mesma empresa que havia sido fiscalizada no dia 25, ficaram retidos e foram agendados para fiscalização na segunda-feira (28). A suspeita se confirmou, sendo encontrados mais 1.114,5 kg da droga escondida em meio à carga de madeira.

As apreensões impediram que a droga tivesse como destino o Porto de Rotterdam, na Holanda. A droga será encaminhada para a Polícia Federal em Curitiba para o prosseguimento das investigações.
A apreensão de cocaína em 2019 já ultrapassa 2.960 kg só no Porto de Paranaguá. A primeira ocorreu no dia 4 de janeiro, quando 760 kg foram apreendidos em meio a uma carga de frangos congelados.


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

  COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.