Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PRETENDE CRIAR CONSELHO DE ENTIDADES REPRESENTATIVAS

O CONGPORT deverá ser registrado em Brasília em até 60 dias. No dia 27 de junho foi realizado, na sede da Companhia Docas do Estado d...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 30 de abril de 2019

0

SERGIO MORO ESTUDA PLANO DE AÇÃO PARA COIBIR TRÁFICO DE DROGAS NO PORTO DE SANTOS



Só nos primeiros 4 meses deste ano, cerca de duas toneladas de cocaína foram apreendidas por agentes da Polícia Federal
O ministro da Justiça Sergio Moro quer investir no estudo de medidas eficientes para o Combate ao tráfico de drogas no Porto de Santos, o maior da América Latina. A informação foi transmitida ao deputado Federal Júnior Bozzella (PSL) durante audiência na manhã de ontem, que tratou, dentre outras pautas, a defesa do Projeto de Lei Anticrime e a importância da permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) no Ministério da Justiça.
Só nos primeiros 4 meses deste ano, cerca de duas toneladas de cocaína foram apreendidas por agentes da Polícia Federal. Grande parte da droga tinha como destino países da Europa, como Holanda e Bélgica. Estima-se que o número interceptado pelos agentes corresponde apenas a um pequeno percentual do que passa pelo porto.
De acordo com o deputado, a manifestação positiva do ministro é um grande avanço.
"Ele conhece o problema e deixou claro que já está estudando medidas para combater de maneira dura o tráfico de drogas e contrabando de mercadorias ilícitas em geral", ressalta. 
Para Bozzella, o desafio será a dimensão territorial do Porto de Santos que acaba dificultando a fiscalização e, consequentemente, facilitando a ação de criminosos. "Estamos falando do maior porto do Brasil em representatividade na balança comercial e em dimensões. São 7,8 milhões de metros quadrados de espaço útil e mais 50 terminais marítimos. Como conversei com o ministro, é fundamental a realização de um estudo para que qualquer medida a ser colocada em prática leve em conta o aumento do efetivo e capacitação profissional de alto nível para o grupo", destaca.
Na visão do deputado, o objetivo é que o Cais Santista tenha profissionais de elite operando e um sistema que seja exemplo para os demais portos do Brasil e América do Sul.

Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.