Postagem em destaque

CDRJ INAUGURA MODERNA ESTRUTURA DE SEGURANÇA NO PORTO DO RIO DE JANEIRO

O sistema de monitoramento conta com mais de 150 câmeras, cancelas, catracas, rádios, radares de segurança perimetral, drones, sistemas...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 3 de maio de 2019

0

GUARDA PORTUÁRIA APREENDE MUNIÇÕES COM TRIPULANTE NO PORTO DE SANTARÉM



Ele tentou desembarcar a munição em meio a suas bagagens sem passar pelo setor de encomenda das embarcações. Em operação conjunta com a Polícia Civil mais munição foi apreendida em loja
Nesta sexta-feira (3) a Guarda Portuária apreendeu 375 cartuchos de armas calibre 20 e 28 no interior do Catamarã Rondônia, no Porto de Santarém, no oeste do Pará, administrado pela Companhia Docas do Pará (CDP).
O material pertencia a um tripulante, enfermeiro da embarcação, que tinha vindo do Porto de Manaus. Identificado como sendo Olivaldo dos Santos Pereira, ele tentou desembarcar a munição em meio a suas bagagens sem passar pelo setor de encomenda das embarcações, no entanto foi flagrado pelos guardas portuários.
O material apreendido e o tripulante detido foram encaminhados para a 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil.
Na repartição policial ele alegou que recebeu a quantia de R$ 1.500,00 reais do proprietário de uma loja de caça e pesca, no Mercadão 2000, para comprar a munição em Manaus.



Diante das informações, o Superintendente da Polícia Civil do Baixo Amazonas, Jamil Casseb, montou uma operação em conjunto com a Guarda Portuária no Mercadão 2000. No local, uma loja comercializava munição de forma ilegal, além de explosivos que precisam de autorização do Corpo de Bombeiros. O proprietário, Santino Figueira da Silva, foi autuado em flagrante por porte, comercio e armazenamento.

De acordo com o 8º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército, a munição encontrada na loja pertence ao mesmo lote que os apreendidos com o tripulante. Ambos foram encaminhados para a Penitenciária Silvio Hall de Moura, na comunidade de Cucurunã.
Segunda apreensão
Esta essa é a segunda apreensão em 2019. No dia 17 de abril, um tripulante do navio Anna Caroline II e uma mulher foram presos ao serem flagrados pelos guardas portuários transportando 400 unidades de munição, sendo 30 munições de calibre 16 para espingarda de grosso calibre, 150 munições de calibre 20 e 250 munições de calibre 22.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.