Postagem em destaque

OPERAÇÃO ENVOLVENDO PF, RFB E GPORT APREENDE MAIS DE UMA TONELADA DE COCAÍNA NO PORTO DE SÃO SEBASTIÃO

  A troca de informações entre as autoridades envolvidas foi crucial para o sucesso da operação. Na tarde da última sexta-feira (02) uma o...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

0

POLÍCIA FEDERAL COLABORA NA APREENSÃO DE QUASE 2 TONELADAS DE COCAÍNA EM PORTUGAL



A droga estava a bordo de um veleiro interceptado no Arquipélago dos Açores, em Portugal.
Cooperação Internacional entre as polícias foi fundamental para a realização da apreensão.
A Polícia Federal, em cooperação policial internacional, participou das investigações que levaram à apreensão de 1.820 kg de cocaína no arquipélago português de Açores, na última semana.
A apreensão foi realizada durante a deflagração da Operação Glória pela Polícia Judiciária de Portugal.
Na ação, foram presos um alemão e um bósnio, de 54 e 52 anos de idade, respectivamente.
A droga foi encontrada em um veleiro que fazia o transporte dos entorpecentes entre o Brasil e a Europa. A Polícia Federal atuou em cooperação internacional junto à Organização Internacional MAOC-N, a Aduana Francesa, a Agência Americana de Repressão às Drogas e a Polícia Judiciária de Portugal.
Durante o período de estada no Brasil, a Polícia Federal acompanhou a movimentação do veleiro e dos suspeitos em território nacional. No final de novembro, a embarcação partiu de Fortaleza/CE em direção à Martinica Francesa. No entanto, nunca chegou ao destino e foi interceptada em Açores.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.