Postagem em destaque

FIQUE EM CASA!

A Guarda Portuária está trabalhando nos portos brasileiros para garantir a seguranças nas nossas fronteiras marítimas. ...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 23 de abril de 2020

0

COVID-19: TRIPULANTES DE NAVIO PETROLÍFERO TESTAM POSITIVO E EMBARCAÇÃO FICA PARADA NA BAÍA DE GUANABARA



De acordo com a Subsea 7 Brasil, dona da embarcação Seven Sun, três membros já foram desembarcados.
Um navio petrolífero inglês está parado na Baía de Guanabara depois que três tripulantes testaram positivo para Covid-19. De acordo com a Subsea 7 Brasil, dona da embarcação Seven Sun, os três membros foram desembarcados a partir do dia 17/04, em sequência. Um deles está assintomático e os outros dois apresentam sintomas leves. Eles foram transferidos para um hotel e estão sendo acompanhados por equipe médica da empresa.
Segundo a Capitania dos Portos, o navio tem 90 pessoas em quarentena e está estacionado a seis quilômetros da Ponte Rio-Niterói há uma semana.
Segundo as informações da federação nacional que representa os trabalhadores embarcados ao G1, outro tripulante desembarcou do navio, que é do ramo off shore, por complicações da doença. A entidade disse ainda que ao todo seriam dez infectados.
— A tripulação está apavorada. A acomodação deles é restrita. O ambiente é muito restrito. Basta um caso ou dois de Covid para alastrar rapidamente — disse ao G1, Luciano Ponce, diretor jurídico da Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários.
Em nota, a Subsea 7 Brasil informa que os "casos já foram comunicados às autoridades, que estão nesse momento avaliando nossas ações e toda documentação enviada pela Subsea 7. A equipe de resposta a emergências foi mobilizada e já tomamos as medidas para nos alinharmos com as autoridades de saúde (ANVISA), nosso cliente e a Marinha do Brasil, para seguir protocolos pré-estabelecidos".
Ainda segundo a empresa, todos os membros da tripulação foram testados e aqueles que apresentaram sintomas de gripe desembarcaram. E não há outros casos confirmados. Também foi feita a limpeza e descontaminação de áreas comuns e cabines.
Outros casos
A Federação afirmou ainda que há outros sete casos de interdição sanitária em navios, mas não detalhou as informações. Já houve um navio da Marinha com casos confirmados e a morte de um tripulante. A partida da embarcação chegou a ser cancelada por este motivo.
— Não houve ainda nenhum pedido de ajuda. A gente espera que esteja tudo sob controle dentro do navio. O risco é alastrar e nós perdermos a mão de obra — completou Ponce.
O Ministério Público do Trabalho abriu uma investigação e cobrou informações da empresa.



Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.