Postagem em destaque

QUEM SÃO OS BANDIDOS BRASILEIROS MAIS PROCURADOS NO PAÍS E NO MUNDO? VEJA LISTA

  Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) Traficantes e assaltantes conhecidos, ma...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

0

CODEBA REALIZA SIMULADO DE EMERGÊNCIA NO PORTO DE ILHÉUS

 

O exercício atende às exigências ambientais e de segurança do trabalho da Conama nº 398/08 e NR29

A Companhia Docas da Bahia (CODEBA) realizou no Porto de Ilhéus um simulado de vazamento de óleo e atendimento a vítimas.

Coordenado pelo Núcleo Ambiental e de Segurança e Saúde no Trabalho (NASST), o objetivo foi treinar e avaliar o desempenho dos profissionais responsáveis por atuar neste tipo de situação. A atividade permitiu também verificar tempo de resposta.

Na ocasião, foi realizada uma simulação dos brigadistas, posto médico e Oceanpact, empresa contratada pela CODEBA para oferecer serviços nas áreas de meio ambiente e operações submarinas. A ação ocorreu em ambiente totalmente controlado. Para agir frente à situação, barreiras de contenção e mantas absorventes foram lançadas ao mar.


No decorrer do simulado, que durou em torno de 40 minutos, foi possível analisar as atuações dos diferentes atores portuários, frente a cenário de emergências. Além disso, o Porto de Ilhéus reforça sua capacitação para atendimento em casos de alguma eventualidade e finaliza o ano atendendo às exigências ambientais e de segurança do trabalho da Conama nº 398/08 e NR29.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.