Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS ENTRAM EM GREVE NO PARÁ

     Porto de Santarém  Manifestação reivindica avanços no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) Na data de ontem, quarta-feira (13), os guard...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

0

POLÍCIA FEDERAL É ACIONADA POR INVASÃO DE PLATAFORMA DE PETRÓLEO



Um índio, da tribo Bracuhy, em aparente estado de surto psicótico, chegou à plataforma nadando e se recusava a sair

Na manhã da ultima quarta-feira (20) a Polícia Federal (PF) foi acionada para conter um indígena que invadiu uma plataforma de petróleo atracada no Porto de Angra, no litoral do Rio de Janeiro.

Um índio, da tribo Bracuhy, em aparente estado de surto psicótico, chegou à plataforma nadando e se recusava a sair.

Ao chegar à plataforma, os agentes da PF iniciaram uma negociação e, após algumas horas, ele foi conduzido pelo Serviço de Atendimento de Urgência – SAMU, para um hospital psiquiátrico.

A operação contou com o apoio do Grupo Especial de Polícia Marítima da PF (GEPOM/ARS), do Comando de Aviação Operacional (CAOP) da PF, da Marinha do Brasil (MB), da Guarda Portuária (GPort) e da Fundação Nacional do Índio (FUNAI).


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.