Postagem em destaque

CODESA DESRESPEITA DECISÃO JUDICIAL E CANCELA CONCURSO DA GUARDA PORTUÁRIA

  A última etapa do Concurso, o Curso de Formação foi postergado por anos No dia 22 de dezembro foi publicado no Diário Oficial da União (DO...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 460 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

 

Droga foi encontrada em uma carga de feijão-carioca, que tinham como destino o Porto de Tanger Med, no Marrocos

Ontem, 20 de janeiro, a Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu 460 kg de cocaína ocultos em uma carga de exportação, no Porto de santos, Litoral de São Paulo.

A droga foi interceptada durante a execução de trabalhos de rotina de vigilância e repressão aduaneiras, quando a seleção de cargas para inspeção são utilizados critérios objetivos de gerenciamento e análise de risco, bem como a verificação não intrusiva por imagens de escâner.

Posteriormente a fiscalização conta com a participação de cães farejadores da Receita Federal. Durante a operação, o cão de faro sinalizou positivamente para a presença de drogas.

Após a abertura do contêiner a droga foi localizada escondida dentro de sacas de feijão-carioca, que tinham como destino o Porto de Tanger Med, no Marrocos.

A droga interceptada pela RFB foi entregue à Polícia Federal (PF), que acompanhou a operação a partir de sua localização e prosseguirá com as investigações a partir das informações fornecidas pela Receita. O repasse de informações das operações à polícia judiciária tanto pode dar início a novas investigações como complementar as que estão em curso.

A Receita Federal apreendeu mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos em 2020, cerca de 44% de toda a cocaína apreendida no Brasil pelo Órgão.

Em 2021, foram três apreensões totalizando 1.983 kg:

- 04/jan. - 670 kg em uma carga de goiabada;

-18/jan. - 853 kg em um carregamento de proteína concentrada de soja;

- 20/jan. - 460 kg dentro de sacas de feijão.

Na maior parte das apreensões, a droga foi encontrada dentro de contêineres que seriam enviados para a Europa. As cargas em meio às quais o entorpecente é escondido são as mais variadas possíveis. Sucata, óleo, limão, farinha, papel, tripas de carne, açúcar, café, máquinas, goiabada e proteínas vegetais são alguns exemplos.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.