Postagem em destaque

QUEM SÃO OS BANDIDOS BRASILEIROS MAIS PROCURADOS NO PAÍS E NO MUNDO? VEJA LISTA

  Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) Traficantes e assaltantes conhecidos, ma...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 27 de agosto de 2021

0

RECEITA FEDERAL APREENDE DE 350 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE ITAPOÁ

 

Droga tinha como destino o Porto de Valência, na Espanha

Receita Federal do Brasil (RFB) realizou, na tarde da última quarta-feira (24), a apreensão de 350,5 kg de cocaína no Porto de Itapoá, no litoral norte de Santa Catarina.

A droga foi localizada em um contêiner que transportava uma carga de cerâmica que tinha como destino o Porto de Valência, na Espanha. O método utilizado pelos traficantes foi o “rip on / rip off”, quando a droga é inserida no contêiner sem o conhecimento do exportador, que não tem envolvimento com o crime.

 Cão de Faro Enzo da Receita Federal - Foto: Divulgação Receita Federal

Com o cruzamento de dados e informações de inteligência, a RFB realizou operação de repressão e selecionou alguns contêineres para fiscalização. O cão de faro, Enzo, utilizado durante a operação, confirmou a suspeita, acusando a presença da cocaína em um dos contêineres.

Todo o entorpecente apreendido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal, que segue com a investigação.

Esta é a terceira apreensão realizada pela Receita Federal no Porto de Itapoá em 2021, totalizando 839 kg de cocaína. Somados aos 1.080 kg já apreendidos anteriormente em operações do órgão no Porto de Itajaí, já foram apreendidas 1,92 toneladas da droga no estado de Santa Catarina neste ano.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.