Postagem em destaque

CONHEÇA O CÓRTEX, SISTEMA DE VIGILÂNCIA DO GOVERNO QUE INTEGRA DE PLACA DE CARRO A DADOS DE EMPREGO

  O Córtex também possui acesso em poucos segundos a diversos bancos de dados com informações sigilosas Sem alarde, o Ministério da Justiç...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 8 de novembro de 2021

0

RECEITA FEDERAL EM OPERAÇÃO CONJUNTA COM OUTROS ÓRGÃOS APREENDE MAIS DE 500 KG DE COCAÍNA

 

A ação ocorreu no Porto de Vila do Conde, em Barcarena/PA

No dia 28 de outubro, uma ação integrada entre a Receita Federal do Brasil (RFB) e a Polícia Federal (PF), em conjunto com outros órgãos participantes da Operação Hórus, realizou a apreensão de mais 507,50 kg de cloridrato de cocaína com destino à Holanda, no Porto de Vila do Conde, em Barcarena, no nordeste paraense.

A substância foi ocultada dentro de um dos contêineres de manganês que fazia parte de uma exportação com mais 29, perfazendo um total de 825 toneladas, e que tinha como destino a cidade de Rotterdan, na Holanda.

Essa foi a segunda apreensão de drogas realizada envolvendo esse mesmo lote de contêineres. A primeira foi realizada no dia 23 de outubro e continha mais de 453 kg de cloridrato de cocaína. Somando as duas apreensões, foram apreendidos mais de 960 kg dessa substância.

A apreensão foi realizada por servidores da a Direp02. Para avaliar as cargas que ofereciam mais risco, a operação contou com intercâmbio de informações com a COPEI e análise de risco combinada com estudo logístico dos terminais de ovação.

A droga apreendida pela RFB foi encaminhada a PF, que instaurou inquérito policial para a apuração da autoria e elucidação dos fatos.

O êxito da ação se deu devido ao trabalho interagências de captação e análise de informações no contexto da Operação Hórus, iniciada no dia 18 de outubro de 2021.

A Operação Hórus, que fomenta a integração entre os órgãos, conta com agentes das Polícias Civil e Militar do Estado do Pará, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Receita Federal e Estadual e Secretaria de Meio Ambiente (Semas), além do Grupamento Fluvial de Segurança (Gflu), vinculado à Segup/PA.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.