Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO ESPECIAL DE SUPERVISÃO EM SEGURANÇA PORTUÁRIA

  O período de inscrição é de 18 de maio de 2022 a 05 de junho. Serão disponibilizadas 240 (duzentas e quarenta) vagas A Comissão Nacional...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 681 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

 

As apreensões ocorreram nos dias 25 e 26 de novembro em cinco cargas diferentes

A atuação da Receita Federal do Brasil (RFB), no combate aos ilícitos aduaneiros frustrou a tentativa de envio ao exterior de aproximadamente 681 kg de cocaína no Porto de Santos no Porto de Santos, Litoral de São Paulo.

Na quinta-feira, 25 de novembro, um carregamento de 11.424 caixas de papelão contendo limão-taiti, acondicionadas em dois contêineres refrigerados, foi o meio encontrado pelos traficantes para o envio da droga. Após retirada total da carga e cuidadosa inspeção dos contêineres, foram encontrados 45 kg no primeiro deles e 53 kg no segundo.

Na sexta-feira, 26, os trabalhos se concentraram em dois terminais do Porto de Santos. No primeiro deles, foi concluída a inspeção de cargas selecionadas e interceptados 59 kg de cocaína em um carregamento de produtos de origem animal, não destinados ao consumo humano, com destino ao Porto de Antuérpia, na Bélgica.

Mais uma vez, a droga não estava escondida em meio à carga, mas sim na estrutura do contêiner, na área dos componentes para refrigeração da unidade de carga.

Enquanto isso, em outro terminal, equipes da Alfândega de Santos faziam duas novas apreensões. Na primeira delas, foram apreendidos 239 kg de cocaína em meio a um carregamento de 49 toneladas de papel A3 que tinha como destino o Porto de Le Havre, na França.

A conclusão da segunda apreensão levou toda a sexta-feira. Foi providenciada a retirada total de um carregamento de suco de laranja concentrado para a verificação de ocultação de tabletes de cocaína na estrutura do contêiner. Desta vez, a área escolhida foi o assoalho e o local buscava dificultar, ao máximo, o trabalho das equipes.


Para que não fosse inutilizado, o contêiner precisou ser esvaziado e posicionado em um reboque. Pequenos furos foram feitos na parte de baixo até que fosse constatada a existência dos tabletes.


Depois de horas de cuidadoso trabalho, foram encontrados 285 kg de cocaína. O destino do contêiner contendo 284 tambores de suco de laranja concentrado seria o Porto de Roterdã, na Holanda.


O sucesso da apreensão é decorrência da Gestão de Riscos promovida pela RFB, com análise das operações de exportação e utilização de imagens de escâneres e dos cães de faro da Unidade.

Como responsável pelo controle aduaneiro no país, a RFB busca assegurar o equilíbrio entre a facilitação do comércio internacional e a segurança aduaneira, garantindo que as cargas não sejam utilizadas como meios para o cometimento de ilícitos.

A apreensão da droga, além de tirá-la de circulação, confere materialidade para futura condenação criminal.

Em 2021, a Receita Federal evitou que mais de 14,2 toneladas de cocaína fossem embarcadas no Porto de Santos e chegassem ao seu destino.

A Polícia Federal (PF) prosseguirá com as investigações, e a troca de informações entre as instituições será importante para a definição da abertura de um novo inquérito policial ou a complementação de outros que já se encontram em andamento.

Veja abaixi o vídeo da localização dos 285 kg de cocaína;




A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.