Postagem em destaque

SINDICATO DENUNCIA DISCRIMINAÇÃO NA AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS

  Horas extraordinárias estariam sendo direcionadas e selecionadas a guardas portuários de menor salário O Sindicato dos Trabalhadores Adm...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

0

RECEITA FEDERAL APREENDE COCAÍNA EM TETO DE CONTÊINER VINDO DO EXTERIOR

 

Apreensão foi a primeira realizada pela Receita Federal este ano no Porto de Santos. Droga estava no forro de contêiner vindo do Porto da Filadélfia

A Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu, no dia 04 de janeiro, 59 kg de cocaína escondidos no teto de um contêiner no Porto de Santos, litoral de São Paulo.

Ao contrário da maioria das apreensões de cocaína realizadas pela RFB no porto, esta aconteceu com o contêiner entrando no País. A droga estava oculta em um contêiner vazio proveniente do Porto da Filadélfia, nos Estados Unidos.

A RFB ressalta que 100% das unidades de carga que entram no País pelo Porto de Santos são escaneadas, o que proporciona mais agilidade e segurança nas operações de comércio exterior, pois facilita a repressão de ilícitos como este e possibilita que cargas legítimas sejam liberadas em menor tempo.

Entenda como a droga foi localizada

No caso da apreensão ocorrida na tarde do dia 04, a imagem de escâner apontou diferença em parte do teto do contêiner, despertando suspeitas na equipe de análise de riscos nas operações de importação e exportação da Alfândega da Receita Federal em Santos.

Mesmo com o contêiner vazio, foi realizada inspeção com o cão de faro Uruk, da Receita Federal, que sinalizou positivamente para a presença de drogas quando entrou no interior do contêiner.

Após a indicação do cão de faro, foram feitos furos no teto do contêiner, pela parte de fora, retirando-se uma pequena amostra de pó branco, que testou positivo para cocaína.

Retirado o forro do contêiner, foram localizados, em meio à camada de isolamento térmico, diversos tabletes de cocaína, que totalizaram 59 kg.

A droga interceptada pela Receita Federal foi entregue à Polícia Federal (PF) para armazenamento, guarda e prosseguimento das investigações a partir das informações fornecidas pela RFB.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.