Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 1 de setembro de 2022

0

PORTO DO RIO DE JANEIRO REALIZA TREINAMENTO DE EMERGÊNCIA

 

Treinamento atendeu ao Plano de Controle de Emergência (PCE)

Em cumprimento ao cronograma previsto de ações preventivas, a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) promoveu um treinamento de acordo com cenário do Plano de Controle de Emergência (PCE).

O treinamento teórico foi realizado no auditório da Polícia Federal (PF), nos dias 17 e 18 de agosto, e o simulado prático aconteceu no Cais Público do porto, nos dias 22 e 23 de agosto, envolvendo ‘stakeholders’ internos e externos e abrangendo os aspectos de preservação ao Meio Ambiente e a Segurança do Trabalho.

O treinamento, que abordou o cenário hipotético de decomposição química de produtos armazenados, foi coordenado pelas equipes da Superintendência de Sustentabilidade do Negócio e da Gerência de Riscos de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde (QSMS) da Autoridade Portuária, com a participação ativa das áreas operacionais das Superintendências de Gestão Portuária do Rio de Janeiro e Niterói, de Engenharia, da Guarda Portuária (GPort) e da Brigada de Incêndio. 

Cenário hipotético de decomposição química de produtos armazenados

Com o objetivo de aprimorar as ações conjuntas de resposta a esse tipo de acidente, também participaram, à convite, arrendatários e operadores portuários, o Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO), a Equipe de Resposta Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) da Marinha do Brasil e representantes da equipe de atendimento a emergências do Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

Representantes de diversas empresas e órgãos participaram do treinamento

Mais de 100 pessoas foram capacitadas no treinamento, entre membros do grupo do PCE, gerentes, supervisores, plantonistas e superintendentes das áreas operacionais. Os participantes receberam orientações práticas e teóricas sobre como agir em casos de decomposição química de produtos armazenados.

Mais de 100 pessoas foram capacitadas no treinamento

A empresa ABRAPAM, contratada para realizar o treinamento, disponibilizou profissional especializado no assunto e equipe de apoio para atuação em campo, além de abordar o aspecto de "security" no simulado, capacitando a GPort a atuar com esse enfoque em casos de emergência.

PCE possibilita uma atuação conjunta mais rápida e eficaz

Os organizadores explicaram que a capacitação do grupo de atendimento a emergências e do time operacional para os cenários críticos previstos no PCE possibilita uma atuação conjunta mais rápida e eficaz; auxilia no fluxo de comunicação entre as equipes; dissemina a cultura de segurança do trabalho entre os empregados; e alavanca uma melhoria contínua do trabalho integrado, vislumbrando, num futuro próximo, a implementação do Plano de Ajuda Mútua (PAM).



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.