Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 14 de julho de 2023

0

PORTO DE PARANAGUÁ REALIZA NOVO SIMULADO DE RESGATE DE TRABALHADOR

 

O exercício colocou em prática o protocolo de atendimento e testou o desempenho de todos os setores envolvidos no atendimento a emergências

A empresa pública Portos do Paraná, que administra os portos de Paranaguá e Antonina mais um exercício simulado de resgate no mar, coordenado pela Diretoria de Meio Ambiente (DMA). O exercício colocou em prática o protocolo de atendimento e testou o desempenho de os todos setores envolvidos no atendimento a emergências no cais do Porto de Paranaguá.

Além da equipe ambiental, o treinamento envolveu o agente marítimo, a empresa de apoio portuário Palangana, a tripulação do navio Westport Eagle, a Guarda Portuária (GPort), o Órgão de Gestão de Mão de Obra do Trabalho Portuário (OGMO), responsável pela ambulância, e as duas empresas contratadas pela Autoridade Portuária para assessoria técnica ambiental e de segurança no trabalho.

Segundo o coordenador de Fiscalização e Controle de Emergências, Rafael Salles Cabreira, os resultados obtidos durante o simulado são analisados pela equipe técnica do Grupo de Trabalho do Programa de Gerenciamento de Riscos da empresa pública (GT-PGR), criado em 2020 pela portaria nº092, e podem originar novos protocolos. “Já fizemos quatro ou cinco simulados. O da semana passada foi o de atendimento mais rápido. Em cinco minutos estávamos com embarcação e ambulância no costado”, afirmou.

Exercícios como esse e seu estudo posterior são fundamentais para a garantia da segurança do trabalhador e preservação do meio ambiente. “Sem treinamento, a gente se depara com o despreparo diante de uma situação real. Serve para que saibamos o que podemos melhorar, que recursos podemos adquirir a mais para estarmos sempre evoluindo”, disse.

O exercício começou às 10h. O cenário foi no convés do navio Westport Eagle, atracado no berço 214 do Porto de Paranaguá, de onde um boneco de 1,80m de altura e 80 kg foi lançado ao mar, simulando um trabalhador que teria caído da embarcação.

Segundo o coordenador da DMA, em uma situação real, a primeira coisa a fazer diante dessa situação é buscar e lançar a boia salva-vidas mais próxima. Imediatamente, a Guarda Portuária deve ser comunicada pelo telefone de emergência (41) 3420-1305. É a GPort que inicia o fluxo de comunicação para o atendimento, solicitando todo o demais apoio necessário para o atendimento, dependendo da ocorrência (Ambulância, Corpo de Bombeiros, equipe de prontidão para atendimento de emergências – Albriggs, etc).



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.