Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 14 de agosto de 2023

0

RECEITA FEDERAL INTERCEPTA 405 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

 

O destino da carga era a França, mas ela seria descarregada no Porto de Antuérpia, na Bélgica

Na última segunda-feira (7), equipes da Alfândega de Santos localizaram 405 kg de cocaína em uma carga de exportação em um terminal portuário localizado no Porto de Santos. O destino da carga era a França, mas ela seria descarregada no Porto de Antuérpia, na Bélgica.

O contêiner contendo aproximadamente 25 toneladas de açúcar foi selecionado para conferência física pela equipe de gestão de riscos do órgão por meio de critérios objetivos de análise, incluindo a inspeção não intrusiva da carga por imagens de escâner.

Durante a operação, ambos os cães de faro da Alfândega de Santos sinalizaram positivamente para a presença de drogas: Uruk, o pastor belga malinois, que já atua na aduana santista há alguns anos, bem como a nova cadela Kaoma, da raça pastor-alemão, que chegou à Unidade em junho desse ano e que, até o momento, apenas tinha feito indicações positivas em treinamentos e simulações, mas nessa oportunidade participou acertadamente da operação.

Após a indicação dos cães de faro da Receita Federal, a primeira fiada de sacas de açúcar foi desovada do contêiner e, na segunda fiada, foram identificadas vinte e cinco sacas com embalagens diferentes, sem a marca do fabricante da carga lícita.

A técnica criminosa empregada é denominada "Rip-Off modality", na qual a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento dos exportadores e dos importadores. O uso dessa técnica dificulta a gestão de risco aduaneiro, requerendo servidores especializados na análise de imagens e conhecimento no controle da movimentação de contêineres de exportação.

A droga interceptada pela Alfândega foi entregue à Polícia Federal (PF), que acompanhou a operação a partir de sua localização e que prosseguirá com as investigações a partir das informações fornecidas pela Autoridade Aduaneira.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.