Postagem em destaque

QUEM SÃO OS BANDIDOS BRASILEIROS MAIS PROCURADOS NO PAÍS E NO MUNDO? VEJA LISTA

  Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) Traficantes e assaltantes conhecidos, ma...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 7 de abril de 2021

0

GUARDAS PORTUÁRIOS PROTESTAM REIVINDICANDO DIREITO A VACINAÇÃO EFETUADA PELO ESTADO AOS INTEGRANTES DA SEGURANÇA PÚBLICA

 

Foto: Carlos Nogueira / Jornal A Tribuna

A reivindicação ocorreu porque a categoria, mesmo fazendo parte do SUSP- Sistema Único de Segurança Pública, não foi contemplada com a vacina

Na tarde de ontem (06), os guardas portuários do Porto de Santos, no litoral de São Paulo fizeram uma manifestação para reivindicar o direito de se vacinarem contra a Covid-19, assim como outros profissionais da segurança pública. O ato aconteceu em frente a sede da Autoridade Portuária de Santos, no bairro Macuco.

Na segunda-feira (05) começam a ser vacinados 180 mil profissionais de segurança em todo o Estado de São Paulo. São profissionais da ativa das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros, Agentes Penitenciários, Guardas Civis Metropolitanos, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e da Fundação Casa. Em 10 dias, praticamente todos desta população dos profissionais de segurança estarão vacinados.

A reivindicação ocorreu porque a categoria, mesmo fazendo parte do SUSP- Sistema Único de Segurança Pública, instituído pela Lei Nº 13,675 no dia 11 de junho de 2018, não foi contemplada com a vacina. A Guarda Portuária também faz parte do Conselho de segurança do Município de Santos (CONSEM), do Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social e da Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos e Vias Navegáveis (Cesportos-SP).

Apenas duas cidades no Estado de São Paulo têm Guarda Portuária, Santos, com cerca de 300 integrantes, e São Sebastião, com aproximadamente 30 guardas.

Segundo Everandy Cirino, presidente do Sindaport - Sindicato dos Trabalhadores Administrativos em Capatazia, nos Terminais Privativos e Retroportuários e na Administração em Geral dos Serviços Portuários do Estado de São Paulo, que representa a categoria no estado, A Polícia Militar (PM) recebeu 8.000 doses de vacina, quando o efetivo é em torno de 6.000. O sindicato colocou à disposição o ambulatório médico para efetuar a vacinação.

Contatos                                   

Segundo Cirino, o sindicato enviou ofício ao Governador do Estado, João Dória, e em entrou em contato o secretário de saúde do estado de são Paulo, e está aguardando o retorno das autoridades. O sindicato também efetuou vários contatos políticos, com vereadores e deputados estaduais.


Ação Civil Pública

O Sindaport também entrou ontem, no Tribunal de Justiça do Estado com uma Ação Civil Pública, com pedido de liminar com tutela de urgência, citando a Prefeitura Municipal de Santos e o Governo do Estado, para declarar aos integrantes da Guarda Portuária o direito de serem imunizados com a vacina, em conjunto com as demais forças policiais do país, atendendo ao Plano Nacional de Vacinação, produzido pelo Ministério da Saúde.

Prefeitura de Santos

Em nota, a Prefeitura Municipal de Santos afirma que segue o Plano Estadual de Imunização contra a Covid-19. Tanto o envio das doses como a determinação dos respectivos públicos-alvo a serem vacinados são responsabilidades do Governo do Estado.

Casos                               

Desde o início dessa pandemia a Guarda Portuária não parou, trabalhando inclusive em regime extraordinário.” Em Santos já tivemos 20 casos de guardas portuários afastados por Covid, inclusive o primeiro caso no porto foi de um guarda portuário, que teve contato com um tripulante filipino. Todos que entram no porto passam pela Guarda Portuária”, disse Cirino.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.    

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.