Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA A 20ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PORTUÁRIA

O curso será realizado entre os dias 01 a 05 de novembro, na cidade de João Pessoa, na Paraíba Na última segunda-feira (06), foi publicado...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 13 de maio de 2021

0

PORTO DO ITAQUI QUER AUMENTAR A SEGURANÇA

 

A ideia é prevenir e combater roubos e furtos nas vias de acesso ao porto

Na semana passada, a EMAP – Empresa Maranhense de Administração Portuária reuniu representantes das polícias civil e militar do estado para alinhamento de uma ação conjunta de reforço na segurança das vias de acesso ao Porto do Itaqui e Terminal da Ponta da Espera.

O encontro reuniu o presidente da EMAP, Ted Lago, o gerente de Segurança do Itaqui, José Ribamar Marão Neto; o chefe do Departamento de Combate a Roubo de Carga da Polícia Civil, Jorge Pacheco; e o comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitana da Zona Sul da Polícia Militar, tenente-coronel Wallace Amorim.

Os participantes consideraram, para o plano de trabalho, dois cenários: por um lado, o crescimento na movimentação de cargas no Porto do Itaqui, que só no mês de abril atingiu um volume de 3,4 milhões de toneladas de cargas; e por outro, o intenso fluxo no transporte aquaviário do sistema Ponta da Espera-Cujupe, por onde circulam quase 2 milhões de pessoas e cerca de 350 mil veículos por ano.

“Com essa integração da EMAP com as polícias militar e civil, e também com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nós estamos atuando de forma preventiva para ampliar e reforçar a segurança da comunidade portuária e das áreas próximas ao Porto do Itaqui e para manter nossas operações cada vez mais seguras em toda a cadeia logística da movimentação de cargas. O porto em expansão requer esse olhar abrangente sobre o território”, afirmou Ted Lago ao final da reunião.

“A ideia é prevenir e combater roubos e furtos nas vias de acesso ao porto”, disse o delegado da Polícia Civil, Jorge Pacheco. Segundo o tenente-coronel Wallace Amorim, da Polícia Militar, as ações de combate já foram iniciadas. “Integrados à PRF, reforçamos o policiamento ostensivo na BR-135 e na via de acesso ao Terminal da Ponta da Espera já foram realizadas melhorias na iluminação pública, capinação, reforço de policiamento e rondas regulares”, explicou.

Esse trabalho preventivo é também uma preparação para ações mais efetivas que serão desencadeadas nos próximos meses, durante o pico da safra de soja, quando o fluxo de caminhões fica mais intenso.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.    

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.