Postagem em destaque

QUEM SÃO OS BANDIDOS BRASILEIROS MAIS PROCURADOS NO PAÍS E NO MUNDO? VEJA LISTA

  Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) Traficantes e assaltantes conhecidos, ma...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 21 de junho de 2021

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 1.113 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE RIO GRANDE

 

O contêiner de produtos químicos tinha como destino à Belgica

Na tarde do dia 10 de junho de 2021, a Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu 1.116kg de cocaína em um contêiner no Porto de Rio Grande, litoral do estado do Rio Grande do sul.

O contêiner de produtos químicos, que seria exportado para a Bélgica, foi selecionado para inspeção após passar por critérios de análise de risco, que analisa, entre outras coisas, o exportador, o transportador e o destino.

Segundo o auditor fiscal e delegado da alfândega da Receita Federal no porto do Rio Grande, Marcos Gonçalves Colares, o que chamou a atenção é o destino ser a Bélgica, pois atualmente a China é a principal rota das mercadorias que saem do Porto de Rio Grande. Segundo dados da Polícia Federal, a Bélgica é o destino de 46% das drogas apreendidas em portos brasileiros.

A documentação da carga aponta que o contêiner foi abastecido na cidade de Rio Grande. E a droga foi colocada no contêiner antes de chegar ao porto, detalha Gonçalves.

Com valor estimado em 40 milhões de euros — aproximadamente R$ 202 milhões, a droga foi descoberta por meio da análise de imagens com a utilização de um scanner e de um cão farejador.

O contêiner foi selecionado para verificação, e a droga foi encontrada. “A cachorra da Receita farejou o contêiner, por uma fresta, apontou que tinha a carga e, quando abrimos, estava com 34 bolsas de cocaína”, informou o Auditor Fiscal da Receita Federal do Rio Grande Marcos Gonçalves Colares.

Esta é considerada pela Receita Federal como a maior apreensão de droga da história do porto. A maior apreensão tinha sido em 2017, com a apreensão de 250 kg da droga.

A droga apreendida foi encaminhada à Polícia Federal (PF), que seguirá com as investigações a fim de identificar a origem e os responsáveis pela carga.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.    

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.