Postagem em destaque

CDRJ É CONDENADA A PAGAR DANOS MORAIS POR NÃO RENOVAR O PORTE DE ARMAS DE UM GUARDA PORTUÁRIO

  O magistrado assinalou que, ao proceder assim, a CDRJ expôs a vida e a integridade física do trabalhador a risco A Companhia Docas do Ri...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

0

ALUNOS DO CURSO SUPERIOR DA PMPR VISITAM O PORTO DE PARANAGUÁ

 

Participaram do treinamento os atuais e os futuros comandantes das várias unidades de Polícia e Bombeiro Militar do Paraná

Vinte e oito alunos da disciplina de Políticas de Segurança Pública do Curso Superior de Polícia da Polícia Militar do Paraná (PMPR) participaram no início do mês, de uma palestra sobre a integração das forças de segurança no combate à criminalidade em área portuária. O encontro, no Porto de Paranaguá, reuniu representantes de diversas agências e encerrou com uma visita ao cais.

Organizada pela Guarda Portuária (GPort), a troca de conhecimentos reuniu a Guarda Municipal (GM), de Paranaguá, Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros (CBMPR), Receita Federal do Brasil (RFB), Polícia Federal (PF) e polícias rodoviárias (estadual e federal).

“Participaram do treinamento os atuais e os futuros comandantes das várias unidades de Polícia e Bombeiro Militar do Paraná. Atuamos no Litoral em constante cooperação e colaboração, seja na forma de operações, ou desses cursos institucionais. A gente tem buscado capacitação e modernização para que se faça um combate adequado à criminalidade”, afirmou o gerente da GPort, major César Kamakawa.

Ainda de acordo com o gerente, se os portos forem espaços seguros, automaticamente a sociedade do lado de fora ganha com isso. “É um trabalho preventivo numa área de movimentação intensa e que garante mais sossego à nossa comunidade”, disse Kamakawa.

Segundo o coronel Mauro Celso Monteiro, instrutor da PM, os resultados têm se mostrado principalmente nas grandes apreensões que desarticulam o tráfico. “Já é a segunda vez que trago uma turma do Curso Superior de Polícia ao Porto de Paranaguá e a gente vê a evolução, principalmente nessa integração. Somada à profissionalização cada vez maior da Guarda Portuária, essa integração tem contribuído muito às grandes apreensões de droga que temos acompanhado”, disse.

De acordo com ele, essa foi uma das grandes motivações, como professor, para esse encontro. “A maneira como a segurança pública é conduzida na área portuária, com certeza, reflete na segurança pública do Estado do Paraná como um todo”, afirmou.

Intercambistas

Entre os 28 alunos que visitaram o Porto de Paranaguá estavam policiais militares e bombeiros do Paraná, além de dois policiais “intercambistas” que vieram do estado de Tocantins.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.