Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO ESPECIAL DE SUPERVISÃO EM SEGURANÇA PORTUÁRIA

  O período de inscrição é de 18 de maio de 2022 a 05 de junho. Serão disponibilizadas 240 (duzentas e quarenta) vagas A Comissão Nacional...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 17 de maio de 2022

0

POLÍCIA SUÍÇA APREENDE 500 KG DE COCAÍNA PROVENIENTE DO BRASIL

 

Segundo a Polícia Federal o contêiner deixou o país pelo do Porto de Santos

A polícia da Suíça informou no dia 5 de maio, que apreendeu mais de 500 kg de cocaína proveniente do Brasil em sacos de grãos de café entregues a uma fábrica da Nespresso, da multinacional Nestlé, na cidade de Romont, na Suíça.

Segundo as investigações iniciais, os contêineres vieram do Brasil, assinalou a polícia. As autoridades afirmaram que a cocaína apreendida tem 80% de pureza e um valor de mercado de mais 50 milhões de francos suíços (US$ 51 milhões). "Toda a droga estava destinada ao mercado europeu", afirmou a polícia suíça.

Sabe-se que as sacolas contaminadas com essa substância chegaram a fábrica a cidade de Romont, primeiro por mar e depois de trem.

Localização da droga

A localização da droga ocorreu quando os trabalhadores receberam cinco contêineres. No mesmo dia, funcionários relataram que encontraram “uma substância branca indeterminada quando abriram os sacos, recém-entregues, de grãos de café”. As análises da polícia determinaram que a substância era cocaína.

As análises mostraram que a substância era cocaína (Police Cantonale Fribourg/Divulgação)

A polícia informou que um perímetro de segurança foi montado em torno da fábrica durante a operação, que contou com a participação de um contingente de funcionários alfandegários.

Em comunicado, a polícia do cantão de Friburgo – onde se encontra Romont – informou que realizou, com a ajuda de funcionários do Serviço Federal de Alfândega e Segurança de Fronteiras, uma busca minuciosa nas instalações e que utilizou dispositivos para escanear outros contentores.

A busca em cinco contêineres resultou na apreensão de um total de 500 kg da droga. "Este é um grande sequestro para o cantão de Friburgo - comentou Marc Andrey, chefe de segurança da região - pode-se dizer que é uma operação extraordinária".

As unidades que continham a droga foram isoladas, e a substância não contaminou a produção da fábrica, segundo o comunicado das autoridades.

O Ministério Público cantonal indicou que abriu uma investigação sobre este fato.

Porto de Santos

Segundo a Polícia Federal (PF), o contêiner com mais de 500 kg de cocaína apreendidos pelas autoridades da Suíça deixou o país pelo do Porto de Santos, no litoral de São Paulo.

A Receita Federal do Brasil (RFB), por sua vez, aponta que a caixa metálica, que segue sob análise em Romont, fazia parte de um lote de sete contêineres carregados com sacos de grãos de café. Todos foram carregados no cais santista. O órgão, no entanto, informa que não tem como saber o momento em que a droga foi introduzida em meio aos sacos de café.

Segundo a RFB, antes de chegar ao Porto de Santos, o contêiner passa por diversas outras regiões no interior do Brasil até chegar ao terminal de embarque.

Além disso, o órgão alega que o navio fez escala em outros portos estrangeiros antes de chegar ao destino.

Nespresso

A Nespresso divulgou o seguinte comunicado por e-mail após a apreensão:

“A substância em questão não entrou em contato com nenhum de nossos produtos ou equipamentos de produção usados para fabricar nossos produtos. Como uma investigação policial está em andamento, não podemos compartilhar mais detalhes. Queremos garantir aos consumidores que todos os nossos produtos são seguros para consumo”, disse o fabricante de cápsulas de café de dose única.

A fábrica, inaugurada em 2015, é o centro de excelência para a produção dos cafés  Vertuo

Vídeo da reportagem da Euronews



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica 
política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.