Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO ESPECIAL DE SUPERVISÃO EM SEGURANÇA PORTUÁRIA

  O período de inscrição é de 18 de maio de 2022 a 05 de junho. Serão disponibilizadas 240 (duzentas e quarenta) vagas A Comissão Nacional...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 6 de junho de 2022

0

POLÍCIA FEDERAL REALIZOU NA BAHIA O XXIII CTO-ABO - CURSO DE TÉCNICAS OPERACIONAIS

 

O curso contou com a participação de forças policiais integrantes do SUSP – Sistema Único de Segurança Pública

A Polícia Federal (PF) realizou entre os dias 23 e 27 de maio, o XXIII CTO-ABO - Curso de Técnicas Operacionais em Abordagem, no Estado da Bahia.

Esse curso contou com a participação de vários policiais federais e delegados de todo Brasil além de membros de outras forças policiais integrantes do SUSP – Sistema Único de Segurança Pública, tais como: Polícia Penal Federal (PPF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia CIVIL (PC) e Guarda Portuária (GPort).

O curso, com carga horária de 40 horas/aula, foi ministrado pelo Serviço de Ensino Operacional da Academia Nacional de Polícia (SEOP/ANP), e realizado nas instalações da Coordenação de Operações Especiais da Polícia Civil do Estado da Bahia (COE/PCBA) e no Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (GRAER/PMBA), localizado no aeroporto de Salvador.

Os agentes tiveram a oportunidade de aprender e praticar conhecimentos e habilidades relacionadas a abordagem pessoal, abordagem veicular, abordagens em edificações, deslocamento policial e sobrevivência policial.

Guarda Portuária

O curso contou com a participação do guarda portuário Rafael Lemos, que foi selecionado, e liberado para participar pelo presidente da Companhia Docas da Bahia (Codeba), onde é vinculado, para representar a Guarda Portuária (GPort), da Bahia e do Brasil.

“Entendo que o momento é difícil e que nosso futuro é incerto, porém não pude negar o convite que foi enviado à presidência da Codeba e a mesma me liberou”, tendo em vista que fui o único guarda portuário no curso, fiquei feliz pela oportunidade, disse Rafael.

“Muitos não conheciam a GPort, e ficaram impressionados com o trabalho que fazemos, e pelo qual, muitas vezes não somos reconhecidos. Estou muito feliz por ter participado. Depois do curso muitas coisas mudaram na minha vida pessoal. Mudaram, pois somos polícia, quer queiram ou não, e pude ver que eu não sabia nada, tecnicamente falando”, acrescentou Rafael.




A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.