Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 17 de março de 2023

0

COMITÊS DE AJUDA MÚTUA REALIZAM SIMULADO DE EMERGÊNCIA NO PORTO DE ITAJAÍ

 

Simulado com vazamento de óleo ocorreu no berço 03

A Superintendência do Porto de Itajaí, na condição de Autoridade Portuária, realizou no dia 2 de março, através da Coordenação do Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e Sustentabilidade (COAMB), um simulado de vazamento de óleo no Rio Itajaí Açu.

O início do simulado ocorreu no Berço 03 (cais público), no Porto de Itajaí. De forma precisa e rápida, teve início às 14 horas, contendo uma duração aproximada de 2 horas, com a participação da Marinha do Brasil, Praticagem, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Núcleo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal (NEPOM-PF), Instituto do Meio Ambiente (IMA), Guarda Portuária (GPort), a empresa Dracares Apoio Marítimo e Portuário, Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e os comitês de Plano de Ajuda Mútua (PAM) e Plano de Área (PA).

Foram realizados os protocolos de segurança, delimitação de áreas de risco e sucessivamente, recursos terrestres envolvendo viaturas, condução apropriada para atendimento de primeiros socorros, contando ainda com recursos aquáticos.

O Capitão de Fragata e Delegado da Capitania de Portos em Itajaí, Eduardo Rodrigues de Lima, destacou a agilidade demonstrada no simulado, e a excelente comunicação entre os terminais do complexo, e os comitês envolvidos (PAM e PA).

“A Marinha do Brasil em suas atribuições concernentes à Autoridade Marítima, possui as atribuições de zelar pela segurança da navegação, pela salvaguarda da vida humana no mar e pela prevenção da poluição ambiental. Nesse contexto, a convite da Autoridade Portuária de Itajaí, estivemos presentes na última semana para a realização de um exercício de acionamento do plano de apoio mútuo, onde diversas entidades públicas e privadas se organizaram para um simulado, que consistia em simular o derramamento de certa quantidade de poluente, e daí bem como o resgate de homem caído ao mar. A perspectiva da Marinha a respeito desse exercício, é bastante positivo. E ali estivemos para poder observar as ações dos atores envolvidos, bem como contribuir com algumas opiniões de aprimoramentos para a realização dos próximos exercícios dessa natureza. A Delegacia da Capitania dos Portos agradece o convite, e incentiva que outras iniciativas dessa natureza continuem a ocorrer”, ressalta Eduardo.

Na oportunidade foi encenado o vazamento de 500 litros de óleo, ocasionado durante uma operação de um rebocador portuário que já estava atracado no berço 3 do Porto de Itajaí, onde ao realizar uma manobra interna de transferência de óleo diesel marítimo (MDO) entre tanques, ocorreu o transbordamento do material, uma vez que o volume disposto excedeu a capacidade do tanque de armazenamento, ocasionando o derramamento no suspiro e posteriormente no tubo de sonda. Em seguida a tripulação do rebocador identificou o vazamento de hidrocarboneto, e desencadeou as ações conforme previsto no plano de emergência.

Na sequência, a segunda simulação envolveu o Resgate de fauna afetada.  Durante o atendimento da ocorrência, operadores de emergência visualizaram fauna contaminada, informam ao coordenador do PEI/ COAMB, para desencadeamento de ações conforme previsto em PEI.

O terceiro simulado envolveu “queda” de homem ao mar. Durante o atendimento à ocorrência, participando do simulado, um trabalhador da arrendatária APM Terminal, vê a movimentação de atendimento a emergência no berço 3, e, se aproxima do cais sem os procedimentos de segurança (uso de coletes salva-vidas e distanciamento), para ver a agitação escorrega, vindo a bater a cabeça no cais e caindo inconsciente no corpo hídrico – esta ação foi evidenciada no simulado.

“A finalidade do simulado é testar esses procedimentos de resposta, esse alinhamento entre todos os integrantes do PAM e PA, que estão preparados para possíveis emergências, assim como os demais órgãos envolvidos, verificar os recursos disponíveis entre uma instalação, o que uma pode ceder para a outra, e também o tempo de resposta. É de extrema importância realizar este tipo de procedimento, para manter a segurança dos nossos trabalhadores portuários, em possíveis casos de emergência”, informa o Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga.

Disseminar conhecimento entre a equipe de apoio da Superintendência do Porto de Itajaí, com a equipe Dracares, torna-se essencial para a qualidade dos serviços a serem prestados.

“Esses simulados servem justamente para preparar as equipes de resposta, e que nós possamos integrar todos os envolvidos desde os órgãos ambientais e de segurança. Nós temos protocolos em conjunto com todos os terminais portuários, para que o Complexo Portuário de forma conjunta, consiga atuar em casos de uma emergência ambiental, para atuar de forma planejada com todos os terminais portuários que compõe o Plano De Área e os comitês de Plano de Ajuda Mútua. Esses comitês são coordenados pela Autoridade Portuária, onde são realizados reuniões periódicas e exercícios simulados, com o intuito de integrar e preparar a todos, em caso de uma emergência no Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes”, informa a coordenadora do Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e Sustentabilidade (COAMB), Médelin Pitrez dos Santos.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.