Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 25 de maio de 2023

0

BRASILEIROS SÃO PRESOS NA FRANÇA EM NAVIO DE CRUZEIRO QUE PARTIU DO BRASIL

 

Com o grupo foi apreendido 95 kg de cocaína escondida dentro de malas

A polícia francesa prendeu no Porto de Marselha, três mulheres e um homem a bordo do navio Costa Favolosa. Com eles foram apreendido 95 kg de cocaína escondidos dentro de malas. A corporação informou que a droga foi avaliada em cinco milhões de euros, valor equivalente a R$ 26,7 milhões. Os quatro brasileiros viajavam se passando por turistas e influenciadores.

De acordo com a imprensa francesa, a cocaína foi descoberta após os agentes estranharem o comportamento de um casal de brasileiros que se passavam por namorados.

A prisão aconteceu no dia 2 de maio, quando o navio fazia uma escala na cidade portuária do sul da França. A jovem e seu "namorado" desembarcaram do navio com uma mala de rodinhas, mas voltaram para dentro da embarcação quando perceberam que estavam vistoriando quem desembarcasse.

Cerca de 1h depois, a mulher voltou com uma mochila e, novamente, tentou voltar para dentro da embarcação. Ao ver os agentes se aproximarem para a abordagem, ela jogou sua bolsa no mar. Ao resgatarem a mala, os policiais encontraram dentro dela 8,4 kg de cocaína.

Posteriormente ao efetuarem uma busca na sua cabine, eles encontraram um recibo de reserva de outra cabine, que estava em nome de outras duas brasileiras que já haviam desembarcado.

Durante a revista nesta cabine, os policiais localizaram o "namorado" da brasileira que tinha jogado a mochila com drogas no mar. E debaixo da cama os agentes encontraram malas com mais 86,4 kg da droga.

Outras brasileiras

A polícia esperou que retornassem ao navio e as prendeu. Elas já tinha entregue duas malas em um apartamento alugado pela plataforma AirBnb, em Marselha, mas quando que o casal havia sido detido, elas voltaram ao navio para tentar salvar o restante dos entorpecentes, e foram detidas.

Recrutados pelo PCC

Após quatro dias de custódia, em depoimento aos investigadores, os quatro brasileiros com idades entre 26 e 31 anos, que não tiveram os nomes divulgados, admitiram que foram recrutados pelo Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa de São Paulo, para atuar como mulas do tráfico internacional de drogas, com todas as despesas pagas.

Os quatro suspeitos não detalharam como as drogas foram passadas para eles ou se costumavam operar juntos.

Polícia Francesa busca os receptadores

Os investigadores tentam descobrir se havia drogas nas malas que as duas mulheres chegaram a despachar no apartamento alugado pela plataforma AirBnb.

A polícia francesa não encontrou a droga naquele local, e ainda tenta apurar quem teria retirado as malas do apartamento e fez a reserva do imóvel. O porto de Marselha é considerado porta de entrada de drogas procedentes da América do Sul, México e Estados Unidos e distribuídas na Europa e norte da África.

Nos últimos anos, as autoridades francesas reforçaram a vigilância, equipando a polícia portuária com sensores e cães treinados para farejar drogas.

O Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), por meio do Consulado-Geral em Marselha, informou ter conhecimento do caso e que permanece à disposição para prestar assistência consular aos brasileiros. Disse ainda que, em observância ao direito à privacidade, não pode fornecer dados específicos sobre a assistência a esses brasileiros.

Costa Cruzeiro

Em Nota, a Costa Cruzeiros confirmou que no dia 2 de maio, a bordo do Costa Favolosa, enquanto atracado no porto de Marselha como planejado em seu itinerário de cruzeiro, foram encontradas substâncias ilegais em posse de dois passageiros.

Conforme a empresa, a verificação se deu após atividades de controle de segurança realizadas pela equipe de segurança a bordo e pelas autoridades locais. “A companhia não pode fornecer outros detalhes sobre o caso que, agora, é supervisionado e tratado pelas autoridades locais e internacionais, de acordo com as leis aplicáveis”, disse em nota.

Outro caso

Em abril do ano passado, um casal de Santa Catarina foi preso em Marselha ao desembarcar de um navio de cruzeiro com uma mala contendo 12 quilos de cocaína, avaliados em R$ 2,5 milhões. A dupla, procedente de Balneário Camboriú, litoral norte catarinense, tinha embarcado no Rio de Janeiro, no navio MSC Seaside. A droga foi descoberta por cães farejadores.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.