Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 28 de maio de 2024

0

ÓRGÃOS DO SUSP JÁ PODEM ADQUIRIR, DE FORMA DIGITAL, EQUIPAMENTOS COM MAIS AGILIDADE E ECONOMIA


A plataforma eletrônica funciona como uma espécie de ‘marketplace’ do ComprasSusp, programa destinado a aquisições de produtos e serviços

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) lançou, na última terça-feira (21), a plataforma eletrônica do ComprasSusp. Ela vai possibilitar que os órgãos que compõem o Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) possam fazer compras de produtos e serviços destinados à segurança pública.

O objetivo da plataforma é que as compras sejam realizadas de forma mais ágil, transparente e econômica, para garantir o planejamento das aquisições e contratações, a padronização dos processos de compras e a melhoria da gestão dos recursos públicos destinados à segurança pública.

O lançamento ocorreu durante o I Encontro Nacional do Programa ComprasSusp, que aconteceu até quinta-feira (23), no Centro de Convenções do Rio Grande do Norte, em Natal. A coordenação do Escritório ComprasSusp será da Diretoria de Gestão do Fundo Nacional de Segurança Pública (DGFNSP).

Batizada de Escritório ComprasSusp, a plataforma foi desenvolvida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP) e será uma espécie de marketplace do Programa ComprasSusp - Programa de Compras Eficientes para o Sistema Único de Segurança Pública. A iniciativa do MJSP permite que órgãos e instituições que compõem o Susp informem diretamente as necessidades de compra ao Ministério, que fica responsável pela aquisição e entrega dos bens por meio de emendas parlamentares ou atas de registro de preços de abrangência nacional, reduzindo a quantidade de convênios e acelerando a entrega.

A secretária Nacional de Segurança Pública substituta e diretora do FNSP, Camila Pintarelli, que representou o ministro Ricardo Lewandowski, ressaltou a importância do evento e lembrou que, na última semana, foi publicada a Portaria 685, que permite a expansão do uso dos recursos do FNSP tanto em áreas temáticas quanto na compra de itens.

“Estamos aqui reunidos para aprender como otimizar, como comprar melhor e como gastar melhor os recursos públicos para equipar e proporcionar qualidade e equipamentos de qualidade para as nossas forças de segurança. Estamos trabalhando incansavelmente para desburocratizar o uso dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública”, afirmou.

Critérios de aquisição

As compras e aquisições de equipamentos, serviços e tecnologias na área de segurança pública são orientadas por parâmetros que visam corrigir deficiências e promover a excelência na gestão de recursos, além de promover a integração federativa na deliberação das aquisições e contratações prioritárias.

Todas as aquisições devem estar alinhadas às metas da Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (PNSPDS) e ao Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (PNSP), o que busca assegurar que elas atendam não apenas demandas imediatas, mas, também, aos objetivos de longo prazo estabelecidos pelas políticas públicas na área de segurança. A metodologia de priorização adotada para a definição dos itens também deve ser embasada em critérios técnicos e econômicos, com a inclusão de medidas de promoção da sustentabilidade.

Plano Anual de Atividades

As aquisições de bens e serviços por meio do ComprasSusp seguem o Plano Anual de Atividades (PAA), que conta com o cronograma de elaboração, desenvolvimento e contratações a serem executadas ao longo do ano.

O PAA é editado após consulta às áreas finalísticas envolvidas, com o objetivo de garantir a integração e alinhamento com as necessidades e demandas específicas de cada setor e em consonância com o PSNP e com os objetivos estratégicos do MJSP.

I Encontro Nacional do Programa ComprasSusp

O I Encontro Nacional do Programa ComprasSusp reuniu autoridades federais e estaduais, com o objetivo de fortalecer a participação dos integrantes do Susp nas compras públicas em larga escala; possibilitar canal de comunicação com as instituições para apresentação de dificuldades relacionadas à execução do fundo a fundo e compras públicas; e fortalecer o alinhamento estratégico entre o MJSP e as instituições de segurança pública.

O evento contou com a presença da secretária Nacional de Segurança Pública substituta, Camila Pintarelli; da governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; do vice-governador, Walter Alves; do secretário estadual de Administração Penitenciária, Helton Edi Xavier da Silva; do desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), Amílcar Maia; do presidente da Assembleia Legislativa do estado, deputado Ezequiel Ferreira; do conselheiro-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), Antônio Gilberto de Oliveira Jales; e de representantes da Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Força Aérea Brasileira (FAB), polícias Civil e Militar e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.    

* Texto: O texto deste artigo relata acontecimentos, baseado em fatos obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis e dados observados ou verificados diretamente junto a colaboradores.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.