Postagem em destaque

PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL REALIZA CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA OS AGENTES DA GUARDA PORTUÁRIA

O objetivo do curso é capacitar os agentes para exercerem suas funções em toda a área portuária A Administração do Porto de São ...

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

0

POLÍCIA FEDERAL E CAPITANIA DOS PORTOS APREENDEM 270 KG DE COCAÍNA


SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA / POLÍCIA FEDERAL / CAPITANIA DOS PORTOS




Em 24/08, uma operação da Polícia Federal (PF) e da Capitania dos Portos do Piauí apreendeu 270 kg de cocaína pura e prendeu cinco pessoas em flagrante: dois italianos, dois brasileiros e um português. A droga foi encontrada em um veleiro, a 2 km da costa do Piauí, no município de Luís Correia (344 km de Teresina).

Segundo as investigações, a quadrilha presa era especializada em tráfico internacional de drogas e utilizava pontos de embarque com pouca fiscalização no litoral do Nordeste para enviar a droga para a Europa. A PF diz acreditar que a embarcação era usada pelo grupo exclusivamente para o transporte de drogas.

A cocaína foi encontrada na forma de cloridrato, ou seja, em formato puro, com maior valor de mercado, e destinado aos "consumidores de luxo". A droga apreendida foi avaliada em cerca de 20 milhões de euros (ou R$ 51 milhões), estava pronta para consumo e foi a maior apreensão já registrada no Piauí.

Segundo a PF, a quadrilha utilizaria o Estado do Piauí por conta da maior proximidade do litoral com a Europa e de vulnerabilidades encontradas na região. A PF ainda não informou se há participação de integrantes piauienses na quadrilha, já que os dois brasileiros presos eram dos estados de São Paulo e Minas Gerais.
A rota terrestre da droga até Luís Correia ainda está sendo investigada, mas a suspeita é que a droga tenha vindo do interior de São Paulo.
Monitoramento
Os acusados responderão a processos no Brasil e permanecem presos na penitenciária de Parnaíba. Após a apreensão, o material recolhido foi encaminhado para a delegacia de Polícia Federal de Parnaíba.


Segundo a Capitania dos Portos, a movimentação do grupo era monitorada havia semanas, desde o litoral baiano. Equipes da PF ficaram vários dias de prontidão esperando a saída do barco do Porto de Luís Correia, o que ocorreu na manhã da sexta-feira. No momento da abordagem, não houve resistência.




A operação rendeu um comunicado oficial do adido policial da Embaixada da Itália no Brasil, que parabenizou o país pela ação e colocou as autoridades do país à disposição para ajudar nas investigações e fichas criminais dos suspeitos italianos.
Fonte: UOL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES