Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS DENUNCIAM DIMINUIÇÃO DO EFETIVO E SUPRESSÃO DE POSTOS NO PARÁ

O quadro caótico vem comprometendo sensivelmente a segurança pública nos portos do Pará No dia 27 de janeiro, uma petição assinada...

domingo, 7 de abril de 2013

0

ENCONTRO NACIONAL DAS FEDERAÇÕES PORTUÁRIAS É REALIZADO NO RIO DE JANEIRO





Encontro Nacional das três Federações dos Trabalhadores Portuário, no Rio de Janeiro, sobre os trabalhos da MP 595/2012



A Plenária para tratar da MP 595/12 (MP dos Portos) realizada na última sexta-feira (04/04), no clube dos portuários, contou com a participação das três Federações, Centrais Sindicais, Sindicatos e portuários de todo país, além da presença dos parlamentares envolvidos com a questão.

Segundo os Deputados Glauber Braga (PSB/RJ) e Paulinho da Força (PDT/SP) o relator da MP, Senador Eduardo Braga (PMDB/AM), se reunirá com os representantes das três Federações e das Centrais Sindicais, na próxima segunda-feira, dia 08, em Brasília, onde tomarão conhecimento do seu relatório. Porém, o relatório final só será divulgado oficialmente na próxima quarta-feira, dia 10. 


Representantes da Guarda Portuária com o deputado Glauber Braga




A AGPERJ se fez presente na plenária, através dos guardas portuários Péricles e Costa Júnior e conversaram pessoalmente com o Deputado Gláuber e com o Presidente da Federação dos Portuários, Eduardo Guterra, onde pediram apoio no acompanhamento do texto que será escrito em relação a Guarda Portuária. Gláuber enfatizou a importância da presença da Guarda Portuária em Brasília nos próximos dias para o acompanhamento do relatório. Já Guterra confirmou sua presença na reunião de segunda-feira e afirmou que estará atento quanto ao texto que tratará da Guarda Portuária. A expectativa é que o acordo que foi firmado entre o Governo e os portuários seja mantido.


 Representantes da Guarda Portuária com o presidente da FNP, Eduardo Guterra 



O presidente do Sindicato dos Portuários, Sérgio Giannetto, também confirmou que estará em Brasília com sua equipe na pr ficará óxima semana para o acompanhamento do relatório e afirmou que não medirá esforços em defesa da Guarda Portuária para que seja inserida na MP.

No documento fechado com os portuários foi acordado que a Guarda Portuária ficará subordinada a SEP, no entanto, não ficou definido como será esta subordinação, portanto é importante o acompanhamento da questão. No texto da MP deve ficar bem claro que a Guarda Portuária deverá ser composta por pessoal próprio. Os representantes em Brasília devem ficar atentos a qualquer tipo de manipulação que possibilite a terceirização.  






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES