Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

3

PORTO DE RECIFE TEM NOVO SISTEMA DE SEGURANÇA




O Porto do Recife conta com um novo sistema inteligente para reforço da segurança portuária. A partir de agora, os veículos que entrarem e saírem da área primária serão verificados sem interferência humana. Os equipamentos e o software OCR (Optical Character Recognition ou reconhecimento óptico de caracteres, na tradução livre) fazem parte do sistema de segurança portuária, que é exigido pela Receita Federal do Brasil e cumpre o Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações Portuárias (ISPS-CODE). O novo sistema teve investimento de R$ 2,5 milhões.

“A nova tecnologia nos coloca entre os portos mais seguros do Brasil”, destaca o presidente do ancoradouro, Rogério Leão. Do ponto de vista de instalações físicas, o sistema OCR necessitou da instalação de pórticos apropriados na entrada e saída para a área primária. Na parte de baixo dos pórticos, sob o solo, foram instalados sensores especiais. Dessa forma, a passagem do veículo é notada pelo sensor, no subsolo, que ativa o monitoramento, registra a imagem da placa e faz o reconhecimento, inteligente, da licença do veículo.

O monitoramento do portão principal usará também o OCR. Trata-se de um software que funciona a partir do momento em que 16 câmeras fotográficas capturam a imagem da placa do veículo, o condutor, o número de contêineres transportados e envia essas informações, em tempo real, para a Receita Federal, Unidade de Segurança Portuária e Polícia Federal.


As medidas são essenciais para garantir a segurança da área alfandegada, local onde a Receita Federal faz os procedimentos legais para a nacionalização das cargas que chegam do exterior. O Porto do Recife tem como projeto de médio prazo contar com 90,1 mil metros quadrados alfandegados, em área pública. Esse espaço contabiliza armazéns e pátios.


Fonte: Diário de Pernambuco




3 comentários:

  1. SÓ FALTA AGORA UM ROBÔ QUE VERIFIQUE O PORTA MALAS, O CONTEÚDO DO CONTEINER, A CAÇAMBA, O BAÚ..... Só a GPORT É SISTEMA INTELIGENTE DE SEGURANÇA NOS PORTOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado Moitas,o guarda portuário é insubstituível,no entanto, ele tem que valorizar o seu trabalho.

      Excluir
  2. CARLOS,

    NÃO FICOU CLARO QUEM OPERACIONALIZARÁ OS EQUIPAMENTOS E O OCR EM RECIFE.

    SABEMOS QUE O CONTROLE DE ACESSO CABE À RF, ATRAVÉS DAS GUAPORES.

    FAÇO VOTOS QUE ESSA TECNOLOGIA NÃO CHEGA AINDA PARA CÁ, CDP/PARÁ.

    AQUI A GP AINDA É HUMILHADA, DESVALORIZADA, DESPRESTIGIADA, REBAIXADA, VILIPENDIADA, DESESTRUTURADA, RIDICULARIZADA, OPRIMIDA, SACANEADA.

    SÓ PRA OS SENHORES TEREM UMA IDIA DO QUE DIGO SÃO OS NÃO EFETIVOS, EM TODOS OS PORTOS, QUE OPERAM OS CFTVS E OS SCANNERS.

    TRISTE E VERGONHOSA REALIDADE DA GUAPOR DO PARÁ.

    PASSAM E REPASSAM COMANDANTES PELA GUAPOR DAQUI, A MAIORIA SEMPRE DO QUADRO DA CORPORAÇÃO, E NINGUÉM, ABSOLUTAMENTE NINGUÉM, MUDA ESSA REALIDADADE, PELO CONTRARIO, SÓ FAZEM É PIORAR.

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES