Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS PARTICIPAM DE CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA ADESTRAMENTO DE CÃES NO PARÁ

As instruções teóricas foram realizadas tanto em espaços ao ar livre quanto em sala, com apresentações em slides e considerações impor...

sábado, 2 de novembro de 2013

0

TERMINAL PORTUÁRIO DE SANTA CATARINA RECEBE SCANNER MÓVEL





O equipamento móvel, modelo HCVM-T, que utiliza a força de um acelerador de raio X de 4MeV (Mega eletron Volt), pode “varrer” contêineres de carga carregados com uma penetração de aço de até 310mm. “Por utilizar tecnologia por sistema de raio X, o scanner obteve, no final de agosto, a licença da CNEN – Comissão Nacional de Energia Nuclear – para iniciar as operações e a partir de agora, a região sul passa a contar com um sistema avançado de detecção em portos,” explica Danilo Dias, CEO da Smiths Detection Brasil.

Localizado no complexo portuário de São Francisco do Sul (SC), o porto compreende uma área de 144.000m² com performance de 40 contêineres por hora. “Nossa previsão é de inspecionar até 4.000 contêineres, entre importação e exportação, por mês”, comenta o gerente de operações do TESC, João Pismel.

“Com este novo scanner, realizaremos um trabalho mais ágil de vistoria dos produtos dentro dos contêineres, possibilitando assim mais segurança no procedimento de despacho aduaneiro,” diz Pismel.

O modelo HCVM-T, tem capacidade de inspeção de até 150 caminhões por hora e possui sistema de leitura automática do número do contêiner, por meio da tecnologia OCR (Optical Character Recognition, ou em português, Reconhecimento Óptico de Caracteres) e permite até seis modos de operação.

O TESC, inserido no complexo portuário de São Francisco do Sul, é um terminal alfandegado pela Receita Federal do Brasil e faz continuamente investimentos em tecnologia de sistemas de segurança, equipamentos e qualificação de mão de obra, protegendo assim as cargas movimentadas e armazenadas no terminal.

O sistema de operação é totalmente integrado, desde a atracação do navio até a saída da carga. Após obras de ampliação, dragagem e aquisição de novos equipamentos, o Terminal detém estrutura altamente competitiva, privilegiando agilidade e segurança na prestação de serviços.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES