Postagem em destaque

LADRÃO DETIDO É ENCAMINHADO PELA GUARDA PORTUÁRIA AO DISTRITO

O filho da vítima, também caminhoneiro, com a ajuda de outros colegas, conseguiu deter o suspeito antes da chegada da Guarda Portuária...

quarta-feira, 20 de maio de 2015

1

GUARDAS PORTUÁRIOS PARTICIPAM DE GREVE EM ITAJAÍ


Foto: Ricardo Temochko – Reprodução Facebook

Os servidores públicos do Porto de Itajaí cruzaram os braços na manhã de ontem (19). A decisão foi tomada em assembleia na quinta-feira passada. Eles se juntam aos demais funcionários da prefeitura, que rejeitaram a oferta de aumento proposta pelo prefeito Jandir Bellini (PP).
Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Administração, Capatazia, Empresas Operadoras Portuárias e Administrativos em Ogmo nos Portos e Retroportos Públicos e Privados de Itajaí, Laguna e Navegantes (Sintac), Alexandre Pamplona, esta é a primeira vez que os trabalhadores do porto cruzam os braços para pressionar a prefeitura.
Foto: Ricardo Temochko – Reprodução Facebook
Em 2010 os trabalhadores realizaram uma operação padrão, mas este ano a categoria decidiu participar da greve.
A paralisação teve início às 7h. Os portuários se encontraram na Praça do Gonzaga, conhecida como “pracinha dos cachorros”. De lá, caminham até a prefeitura, onde engrossam o coro dos descontentes.
De acordo com Alexandre, os trabalhadores que entraram em serviço às 6h, antes do início da greve, iriam trabalhar normalmente até às 12h. Ao fim desse turno, ficaria a cargo do inspetor da Receita Federal decidir como iria efetuar a substituição dos grevistas e se haveria condições de manter o serviço sem os 90 guardas portuários e os 60 trabalhadores do porto. “Por mais que a superintendência do porto queira resolver a situação, a decisão cabe ao prefeito”, afirma.
Sindicato comemora
Funcionários se reuniram em frente a prefeitura (Foto: Lucas Correia / Especial)

Com servidores em estado de greve desde o começo do mês, o sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Foz do Rio Itajaí comemora a adesão dos trabalhadores portuários. A presidente Eliane Aparecida Corrêa diz que os portuários acrescentam força ao movimento, mas diz que a reivindicação deles é apenas pelo reajuste.

“A prefeitura decide qual índice vai dar para todos, sejam servidores da administração direta ou das autarquias, como Porto, Semasa, câmara dos Vereadores ou instituto de Previdência”, informa. Segundo ela, cada autarquia tem seu plano de cargos e salários, que não está em discussão no momento.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.


Um comentário:

  1. Cileno Borges É A GUARDA PORTUÁRIA DO BRASIL SE MOBILIZANDO SEMPRE POR MAIS RESPEITO E TRATAMENTO DIGNO AOS HONRADOS TRABALHADORES DO NOSSO QUERIDO PAÍS. FORÇA GUERREIROS!

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES