Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

sexta-feira, 10 de julho de 2015

0

GUARDA PORTUÁRIA DETÉM SUSPEITOS DE FURTOS DE CABOS EM ITATINGA


As linhas de transmissão da Usina de Itatinga  atravessam locais de difícil acesso dentro da Mata Atlântica

Dois suspeitos foram detidos no meio da mata com facões.
Um deles possuía uma espingarda calibre 36.


Na manhã do dia oito de junho, a Guarda Portuária do Porto de Santos, litoral de São Paulo, recebeu uma denúncia anônima de que havia elementos suspeitos no acesso às torres de transmissão de energia, localizadas na área conhecida como “Terra Forte”, acessada na altura do Km 228 da Rodovia Rio-Santos.
A equipe de policiamento da “Operação Curto-Circuito”, criada especialmente para inibir os furtos de cabos das linhas de transmissão, que conduz a energia elétrica da Usina de Itatinga, em Bertioga, para o Porto de Santos, foi designada para ali comparecer.
Diante das informações, as viaturas da Guarda Portuária se dirigiram para o local e após várias incursões na mata, localizaram um veículo da marca Tower Coach, de placa CEK 5186.
Como o veículo estava abandonado, foi montada uma campana. Já no período da tarde, dois indivíduos foram avistados se aproximando do veículo, no entanto, quando perceberam a presença da Guarda Portuária, empreenderam fuga mata adentro.
Posteriormente, já no período noturno, com o apoio de outras equipes da Guarda Portuária, e de uma viatura da Polícia Militar, os suspeitos foram localizados e detidos, sendo apreendidos de posse deles uma espingarda de calibre 36, da marca boito, dez cartuchos intactos, uma lima e dois facões.
Os suspeitos, identificados como Clébson Almeida de Carvalho, 40 anos, autônomo e Norival Otacílio Lopes Júnior, 35 anos, auxiliar de cozinha, ambos moradores do bairro de Vista Linda, em Bertioga, alegaram que estavam no local realizando uma trilha para pegar palmito e a arma era para a sua defesa, negando qualquer envolvimento com o furto de cabos de cobre das linhas de transmissão. Clébson assumiu a propriedade da arma.
Os elementos detidos e o material apreendido foram conduzidos à Central de Polícia Judiciária (CPJ), localizada no 1º Distrito de Santos, onde foram apresentados ao delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), que autuou Clébson em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido (Lei 10.826/03 - art.14 / art. 302 CPP), sendo Norival arrolado como testemunha.

Como Clébson não teve condições de recolher a fiança arbitrada pela autoridade policial, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Guarujá, onde ficou à disposição da justiça.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES