Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quarta-feira, 15 de junho de 2016

0

AK 400 – A NOVA SÉRIE DE FUZIS DA KALASHNIKOV


Larry Vickers disparando o novo fuzil AK 400

A Kalashnikov, fábricante russa de armas, famosa pelo fuzil AK 47, ofereceu às Forças Especiais Russas um novo fuzil, que supera todas as versões anteriores, o AK 400

“O AK 400 é superior ao AK 74 e ao AK 12 em relação a precisão e dispersão dos projéteis”, disse uma fonte de dentro da indústria militar russa.
“O AK 400 foi apresentado no final de 2015 em uma reunião organizada pelo Serviço Secreto Presidencial. O cliente se interessou pelo nosso produto e agora estão estudando a proposta.” Disse ele.
De acordo com o militar o AK 12, que está em serviço nas Forças Armadas russas desde 2014, não atende a todos os requisitos do grupo de elite das Forças Especiais.
“O AK-12 é uma arma para a infantaria, paraquedistas e para companhias de reconhecimento. As tropas das Forças Especiais precisam de uma arma mais compacta, que – por um lado – não é inferior ao AK-12 em relação a precisão e à dispersão dos projéteis, mas – por outro lado – é compacta o suficiente para tomar de assalto um prédio, um avião, um trem ou um ônibus e também para saltar de paraquedas e andar em uma floresta.” Ele explicou.
Mudanças
As duas primeiras fotos de cima, mostram a diferença entre o gatilho mais reto do novo AK 400 e o gatilho mais curvado do AK 47. Embaixo, vemos a alça de mira que agora se encontra na parte de trás da arma, em comparação à massa de mira entre o guarda mão e o receiver do AK 47.

O AK 400 possui uma coronha retrátil que é também dobrável. A arma possui agora três sistemas de disparo: semiautomático, três tiros por vez e totalmente automático. O seletor de disparos se encontra na parte de trás da arma (não mais na parte da frente como nos modelos anteriores) e agora, tem o trilho Picatinny na parte de cima. A alça de mira passou para a parte de trás, diferente dos modelos anteriores, que ela era alocada entre o guarda mão e o receiver; quem está localizado nesta posição agora é a trava do upper. O cabo da arma possui um compartimento para guardar pequenos objetos, e que sai pela parte debaixo do cabo.
A tampa de poeira (dust cover) é encaixada a um trilho que, diferente dos outros modelos, deixa ela fixa ao receiver. Uma mola encaixada a um sulco na parte de trás do fuzil fixa ainda mais esta tampa ao corpo do AK 400, desta forma ela não fica com nenhuma folga. Por conta disso o upper irá vibrar menos durante os disparos, portanto, dispositivos de pontaria podem ser acoplados ao trilho picattyni.
O sistema de gases agora possui um regulador de gás de 2 posições. O antigo pistão de curso longo foi trocado por um pistão de curso curto, diminuindo o peso total do conjunto do ferrolho, por não haver uma haste ligando o pistão ao transportador do ferrolho. A massa de mira é agora montada sobre o bloqueador de gases.
O guarda mão fica encaixado diretamente ao receiver, fazendo com que o cano seja flutuante; já o gatilho passou a ser mais reto do que os gatilhos anteriores, que eram arredondados. Seu calibre é o já afamado 7,62x39mm, usado em praticamente todos os fuzis da família AK. O AK 400 possui 940mm totais e pesa pouco mais de 1,3kg.
A Kalashnikov pretende vender o AK 400 para o Serviço Secreto Presidencial russo, assim como para as unidades Alpha, Vympel e/ou outras quaisquer unidades das Forças Especiais.




Fonte: Ricardo M. Andrade - Blog Firearms Brasil / Blog Assuntos Militares

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                                                 
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES