Postagem em destaque

DELEGADA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA CONPORTOS

Nelbe Ferraz de Freitas, 37, foi designada pelo Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública Na última quarta-feira (04), Nel...

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 1,5 TONELADA DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS


Cocaína apreendida estava dividida em 47 malas de viagem de cor escura (Foto: Divulgação/Receita Federal)


Interceptação é a maior em seis anos e ocorreu em conjunto com a Polícia Federal

Na maior apreensão de cocaína do Porto de Santos dos últimos seis anos, 1.495 quilos da droga foram encontrados escondidos em três contêineres nesta quarta-feira (31). A interceptação do carregamento ilegal ocorreu durante fiscalização rotineira da Receita Federal.
Cocaína foi escondida entre carga de pisos e de bobinas de papel (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

O entorpecente estava escondido entre cargas de pisos e de bobinas em papel que tinham como destino final a Antuérpia, na Bélgica. Foram localizados, aproximadamente, 1,5 mil tabletes coloridos, que estavam divididos em 47 malas de viagem de cor escura.
Agentes da Polícia Federal trabalharam em conjunto com a equipe da Alfândega que monitorava cargas em um terminal retroportuário localizado no Saboó. A cocaína foi descoberta a partir de alertas emitidos por escâneres, por onde os contêineres passaram.
Equipe da Alfândega de Santos localizou carregamento em terminal do Saboó (Foto: Divulgação/Receita Federal)

A técnica utilizada pelos narcotraficantes é conhecida das autoridades. Chamada de “rip-off”, ela consiste em inserir a droga em um carregamento regular, sem eventual conhecimento do proprietário, para despistar a atenção da fiscalização. Desta vez, ninguém foi preso.
Um caminhão precisou ser utilizado para levar as bolsas com o entorpecente até a delegacia da PF do Centro de Santos, onde o material foi pesado e apreendido. O veículo foi escoltado. Uma investigação foi aberta para encontrar envolvidos e saber como a droga foi escondida.
Se a carga não fosse interceptada, ela teria sido embarcada entre esta quinta (1) e sexta-feira (2) no navio Grande Buenos Aires, que realiza escala no cais santista. Trata-se de uma embarcação de bandeira italiana, capaz de transportar veículos (Ro-ro) e contêineres.
Recorde de meia década
Droga foi levada em caminhão escoltado até a delegacia da PF em Santos (Foto: Fernanda Luz/A Tribuna)

A última apreensão semelhante feita pelas autoridades federais no Porto de Santos ocorreu em junho de 2010 dentro de um navio. Na ocasião, 1,5 tonelada de cocaína foi localizada escondida em uma carga de maçãs em dois contêineres. O destino final era a Espanha.
Em agosto, o delegado-chefe da Polícia Federal em Santos, Júlio César Baida Filho, informou que no primeiro semestre deste ano pouco mais de 3,1 toneladas do entorpecente tinham sido apreendidas no cais santista. Trata-se de um recorde histórico para o complexo portuário. 
A Delegacia da PF na Cidade foi a responsável há três anos por confiscar 40% de toda a cocaína encontrada no Brasil - a participação atualizada ainda é calculada, em razão dos números novos. Ações de inteligência e monitoramento eletrônico, segundo ele, têm auxiliado.
Com a operação desta quarta, sobe para 4,6 toneladas a quantidade de droga interceptada somente este ano no Porto. O número já supera a soma de todo o pó apreendido nos últimos dois anos pelos agentes no complexo, quando alcançou pouco mais de 3 toneladas.
Se levar em consideração as apreensões realizadas por autoridades estrangeiras de cargas procedentes de Santos, o balanço pode ser muito maior. Somente nos últimos três meses, países de três continentes localizaram mais de uma tonelada do entorpecente.

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES