Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

terça-feira, 4 de abril de 2017

0

RESOLUÇÃO CONAMA 398/08 FOI O PRINCIPAL TEMA DO COOPERAPORTOS DESTE ANO




Além de garantir a sinergia das Administrações Portuárias, o evento foi uma oportunidade de atualização das questões ligadas ao meio ambiente e segurança do trabalho
                        
Atualizar gestores e técnicos de portos brasileiros nas demandas do setor ambiental foi o assunto central da XXIII Reunião CooperaPortos, organizada pela Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O evento, realizado nos dias 29 e 30 de março, no Auditório da Companhia, em Salvador (Ba), reuniu representantes dos Portos de São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, São Sebastião, Espírito Santos, Ilhéus, Aratu-Candeias, Salvador, São Francisco do Sul, Suape, Imbituba, Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPAC) e Empresa Maranhense de Administração Portuária.
O gerente de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Antaq, Marcos Maia Porto, apresentou o processo de atualização da Resolução Conama 398/08. “A ideia é discutir como o atendimento às normas ambientais pode ser feito de modo menos oneroso e de forma mais prática, partilhando as informações dos portos em todo o país”, ressaltou.
À frente da Coordenação-Geral de Gestão Ambiental, Saúde e Segurança do MTPAC, Rafaela Dias Pires, definiu o valor do CooperaPortos como importante ambiente de troca das informações e produção de novos conhecimentos para o desenvolvimento sustentável. “Só tenho elogios a fazer sobre a organização da Codeba, e acho fundamental estarmos aqui conhecendo melhor o que os portos baianos estão desenvolvendo para garantir a segurança ambiental e de seus trabalhadores”, afirmou.
O público do CooperaPortos pode conhecer também o Combate à Emergência adotado no Porto de Santos por meio da palestra da sua equipe de segurança do trabalho. Outros temas foram apresentados no evento, como o Modelo Compartilhado de Bases de Emergência da OceanPact; Tarifa ambiental, falando ao público uma fonte do Porto São Sebastião; Plano de Controle de Emergência (PCE) e Plano de Ajuda Mútua (PAM), com entes do Ministério do Trabalho; Qualificação de empresas, apresentada pela Petrobras. No último dia, os participantes visitaram o Porto de Aratu-Candeias para conhecer a Base de Atendimento à Emergência, no Centro de Proteção Ambiental Aratu.
O presidente da Codeba, Pedro Dantas, destacou a satisfação em sediar o evento que congrega grupos de trabalho atuantes. “Os temas abordados foram de extrema relevância para os portos brasileiros, principalmente para gestão ambiental, sustentabilidade e cabotagem”, frisou.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES