Postagem em destaque

MUDANÇAS NA GUARDA PORTUÁRIA DE SANTOS

Todas as ordens de serviço que foram emitidas pelo anterior superintendente da GPort serão revistas e reeditadas pela diretoria gestor...

sábado, 17 de junho de 2017

0

CODESA REALIZA SIMULAÇÃO DE CONTROLE DE TRÁFEGO MARÍTIMO




O VTMIS do Porto de Vitória está em fase final de testes para entrar brevemente em operação

A Companhia Docas do Espírito Santo (CODESA) promoveu entre os dias 05 a 09 deste mês, no Centro de Controle Operacional localizado no Cais de Capuaba, em Vila Velha, experiências reais do controle de tráfego de embarcações, situações de risco e simulados de prováveis situações nas áreas de fundeio e acesso ao Porto de Vitória, como parte da semana de treinamento intensivo para a equipe do Sistema de Gerenciamento e Informação do Tráfego de Embarcações (VTMIS).
O Trabalho em Treinamento (OJT) - da sigla em inglês the Job Trainning - foi aplicado pelo controlador do Serviço de Controle de Tráfego de Embarcações (VTS), do Centro de Coordenação e Resgate Marítimo (MRCC, de Maritime Rescue Coordination Centre) de Tarifa, no Estreito de Gibraltar, Espanha, José Cristoban Maraver Romero.
Os supervisores e operadores do VTMIS colocaram em prática os ensinamentos teóricos adquiridos desde o início do OJT, operando o software IMare em simulações com alvos sintéticos gerados no sistema, a fim de reforçar os Procedimentos Operacionais Padronizados (SOP, de Standard Operational Procedures), do Centro de Controle Operacional (CCO), e aperfeiçoar as comunicações marítimas padrão (SMCP, sigla em inglês de Standard Marine Communication Phrases).
O VTMIS do Porto de Vitória está em fase final de testes para entrar brevemente em operação. O treinamento foi organizado pelo assessor responsável pela implantação do VTMIS em Vitória, Agostinho Sobral Sampaio, com a colaboração do gerente do Consórcio INDRA (empresa que forneceu e instalou os equipamentos), Marcos Cesar Vendramin, e teve por objetivo preparar a equipe para a visita técnica de avaliação a ser realizada pelo Centro de Sinalização Náutica Almirante Moraes Rego, para dar início aos serviços do Centro VTMIS nos Portos de Vitória, Tubarão e Praia Mole, canais de acesso e áreas de fundeio.
Controlador

O controlador espanhol foi escolhido porque o Estreito de Gibraltar é a segunda área marítima mais movimentada do mundo, perdendo apenas para o Canal da Mancha, entre a Inglaterra e a França. Os estudos práticos realizados simularam casos reais e treinamentos no sistema iMare, com prováveis situações de tráfego que poderão ocorrer na área de responsabilidade do VTMIS em Vitória, utilizando os radares, câmeras, cartas náuticas eletrônicas, equipamentos de comunicação em VHF e sensores meteoceanográficos.
José Cristoban Maraver Romero avaliou muito positivamente o desempenho da equipe do Porto de Vitória, destacando o interesse, a busca de aprendizado, a conduta e o conhecimento profissional dos responsáveis pela formação da equipe, além da estrutura física do centro operacional e seus equipamentos, inclusive das torres dos radares.
Equipe

A equipe do VTMIS é mista, contando com oficiais de náutica da empresa INDRA e os operadores da CODESA. Pelo porto, são eles: Patrícia Bettcher, Rafael De Nadai, Regis Fontes, Tiago Fraga, Cláudia Loureiro, e pela Indra, os supervisores Carolina Natali, Flávio Brilhante, Fabrício Borgo, Artur Varella e Gustavo Marchesi.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES