Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA DE VITÓRIA TERÁ NOVOS UNIFORMES E EQUIPAMENTOS

O fardamento feminino e masculino segue orientações das normas do Ministério do Trabalho Já estão em fase final de licitação o nov...

quinta-feira, 17 de maio de 2018

0

SUSPEITO DE TENTAR EMBARCAR DROGAS PELO PORTO DE SANTOS É CAPTURADO



Homem conhecido como "Pescador" integrava quadrilha que atuava no tráfico internacional de drogas

Suspeito de integrar quadrilha de traficantes que trocou tiros no mar com policiais federais, durante tentativa de embarque de 273,6 quilos de cocaína em um navio, Samir dos Santos Pereira, o Pescador, foi capturado na última quinta-feira (10), em Vicente de Carvalho. Ao ser abordado, ele revelou a identidade e não reagiu.
Com prisão preventiva decretada pela Justiça Federal, Pescador foi capturado pelos policiais Antônio da Luz e Roberto de Lima, da Delegacia de Guarujá. Eles apuravam informações sobre o tráfico de drogas na favela da Prainha e detiveram o acusado na Rua São Jorge, no Pae Cará.
Segundo o delegado titular de Guarujá, Marco Antonio do Couto Perez, e o chefe dos investigador Eloy Flórido Júnior, a Polícia Federal identificou Pescador como membro da organização criminosa que teve quatro integrantes mortos às 5 horas do dia 18 de agosto de 2017.
Na ocasião, o bando ocupava um barco, que se aproximou do navio-tanque Mozu Arrow, atracado na Margem Direita do Porto de Santos, no Macuco, próximo ao cais da Marinha do Brasil. O objetivo do grupo era colocar a cocaína, acondicionada em bolsas, na embarcação de maior parte.
Para isso, os traficantes contaram com o apoio de tripulantes do navio-tanque, que utilizavam cordas para içar as bolsas. Dois marinheiros filipinos do Mozu Arrow foram presos em flagrante por tráfico. Quatro homens que estavam no barco morreram em tiroteio com os agentes federais.
Os policiais não se feriram. Os mortos no confronto foram Wagner Santos do Nascimento, Edson Roberto dos Santos Júnior, Marco Alberto Santana Randi e Nicholas Gonçalves Borges. Todos residiam em Guarujá e portavam armas de grosso calibre, como fuzis, e farta munição.
Além dos armamentos e de várias bolsas com tabletes de cocaína totalizando 273,6 quilos, foram apreendidos dois coletes à prova de balas que eram usados pelos criminosos. Durante o confronto, a quadrilha tentou fugir com o barco em direção à favela da Prainha e o encalhou no mangue.


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES