Postagem em destaque

CESPORTOS ELEVA NÍVEL DE SEGURANÇA NO PORTO DE SANTOS

(Foto: Carlos Nogueira/AT) A Guarda Portuária aumentou o efetivo com a convocação dos guardas portuários em regime extraordinário pa...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

0

PORTO DE SALVADOR TERÁ NEPOM



O Núcleo Especial de Polícia Marítima vai abrigar uma completa infraestrutura para as atividades operacionais da Polícia Federal

A Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) e a Superintendência da Polícia Federal na Bahia assinaram, ontem, quinta-feira (27), o termo de cessão de uso não onerosa para a instalação do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom) no Porto de Salvador. 
No ato estiveram presentes o superintendente Regional da Polícia Federal na Bahia, o delegado Daniel Justo Madruga, o coordenador da Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Cesportos) na Bahia, Tiago da Silva Palma, o diretor-presidente da Codeba, Rondon Brandão do Vale, e os diretores Marise Chastinet, de Gestão Comercial e de Desenvolvimento, e Carlos Henrique Taboada, de Infraestrutura e Gestão Portuária.

O Nepom passará a funcionar em janeiro, com um efetivo de oito policiais federais. Na área, de 112 metros quadrados, além de abrigar uma completa infraestrutura para as atividades operacionais da Polícia Federal, terá o setor de atendimento ao público externo, com acesso pela Avenida da França, salas de operação e reunião, copa, banheiros, almoxarifado, alojamento, estacionamento para veículos e embarcações, dentre outros.
Para o delegado Madruga, o Núcleo é um marco tanto para a Polícia Federal como para a Codeba, porque estes órgãos vão conseguir otimizar as ações no Porto de Salvador. “A Polícia Federal fará parte integrante do porto da capital baiana, com respostas mais rápidas, fortalecendo assim a segurança”, explicou.
O Nepom terá como foco principal o combate ao crime a bordo das embarcações e também na área restrita ao porto. “A nossa prioridade será o aumento na rotina das fiscalizações e patrulhamento em toda a Baía de Todos os Santos”, ressaltou o superintendente Madruga.
O diretor-presidente Rondon destacou que o sistema de segurança é uma grande preocupação nos portos públicos. Ele informou que a Codeba vai implantar o Núcleo de Inteligência e Segurança Portuária (NISP), visando exercer o patrulhamento preventivo e ostensivo terrestre e marítimo, como também realizar a vigilância patrimonial.
“Dentre os objetivos do NISP estão o de executar as atividades de inteligência, de controle de informações e de dados, bem como trocar informações com os demais órgãos de segurança nas esferas federal, estadual e municipal, buscando a manutenção de maior nível de eficiência da segurança portuária”, disse.


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.