Postagem em destaque

MINISTÉRIO DO TRABALHO CONSTATA DESCASO COM A GUARDA PORTUÁRIA NO PORTO DE SÃO SEBASTIÃO

  A Companhia Docas deverá comprovar medidas no sentido promover a abertura de processo seletivo para contratação de Guardas Portuários. A...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

0

CARRO CAI AO MAR NO PORTO DO RIO

 


Quatro pessoas morreram e um homem sobreviveu.

Na noite de ontem (18), um carro caiu ao mar quando manobrava defronte ao armazém 10, no Porto do Rio de Janeiro. Quatro pessoas morreram. Uma quinta pessoa que estava sentada no banco de trás sobreviveu após pular do veículo antes que ele caísse na água e nadar até o costado.

Segundo testemunhas, o motorista estava manobrando quando o veículo começou a patinar, fazendo com que ele perdesse o controle. Algumas pessoas também disseram que o carro bateu em uma proteção lateral antes de cair na água e afundar.

As vítimas são funcionários da empresa Pennant Serviços Marítimos, que presta serviço terceirizado no porto. O motorista compareceu ao local para o transporte deles, após a troca de turno.

Buscas

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 21h20 e as busca pelos ocupantes do veículo avançaram a madrugada desta quinta (19). Segundo a corporação, o carro foi encontrado pela equipe de mergulho, quase duas horas depois, às 23h15. Por volta de 00h40, a última vítima foi retirada do interior do carro.

Os corpos foram resgatados e levados para o Instituto Médico Legal (IML). A profundidade e a chuva forte dificultaram o trabalho dos bombeiros.

As vítimas são: Rogério Rocha do Sacramento, de 48 anos; Paulo Roberto da Silva Almeida, de 34 anos; Luís Carlos Oliveira Silva, de 40 anos e Denílson Santana Cruz, de 53 anos.

Por meio de nota, a Marinha do Brasil (MB) informou que a logo que a Capitania dos Portos tomou conhecimento do acidente, enviou uma equipe para o local que acompanhou o trabalho dos mergulhadores do Corpo de Bombeiros, garantindo a segurança da navegação ao redor do local do acidente.

Sobrevivente

O ocupante do veículo que conseguiu escapar foi identificado como Eduardo Pontes. Em uma postagem em uma rede social, ele lamentou a morte dos colegas.

“Hoje, sem dúvida, é um dos dias mais difíceis da minha vida. Estava no carro indo embora depois de uma noite de trabalho e o carro caiu no mar. Deus me ajudou, que consegui me salvar, porém perdi quatro amigos. Que Deus console a família de todos e os receba de braços abertos. Muito triste”, disse o funcionário.

Motorista do Veículo

O site UOL conversou na manhã de hoje com um funcionário da Pennant Serviços Marítimos, que pediu para não ser identificado. Segundo ele, quem dirigia o veículo era um segurança sem experiência necessária para atuar no local. "Eles estavam indo embora. O rapaz que estava dirigindo era o vigilante. Ele não tem experiência com carro. Dirige ali para gente para quebrar um galho. Faz um transporte interno porque a região do porto é muito grande.

“Ele tava só quebrando um galho, como outros também fazem. Como é o último a deixar o local, ele leva os funcionários para Rodoviária e para o INTO [Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia], onde tem condução para gente. O local é escorregadio e exige uma experiência, mas isso poderia ter acontecido com qualquer um de nós".

Nota da CDRJ

A Companhia Docas do Rio de Janeiro  (CDRJ) informou que "a Diretoria Executiva da CDRJ se solidariza com as famílias das vítimas e com os colegas da empresa Pennant e ressalta que os empregados da Autoridade Portuária estão consternados com a tragédia, tratando-se de uma perda inestimável para todo comunidade portuária".

A empresa Pennant Serviços Marítimos ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Investigação

Local do acidente estava em obras (Foto: Reprodução TV Globo)

A investigação sobre o caso ficará a cargo da Polícia Federal (PF). Ela vai apurar se houve falha humana ou mecânica. Também deverá ser apurado se houve negligência quanto a sinalização de segurança no local do acidente.

Acidente Semelhante no Porto de Santos

Em 2014, ocorreu um acidente semelhante no Porto de Santos, no litoral de São Paulo.

Naquela ocasião duas pessoas morreram após um gol prata, da empresa Vila Rica Rent a Car, que prestava serviço terceirizado para a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), caiu no canal do Estuário do Porto de Santos.

Imagens de câmeras de monitoramento mostraram o momento em que o carro caiu dentro do canal do Porto de Santos

Outro caso

Há menos de 2 meses antes, um motorista de uma Kombi perdeu o controle do veículo e caiu no canal do Porto de Santos, próximo ao armazém 12. O acidente aconteceu no dia 16 de maio. Segundo a Capitania dos Portos, quatro pessoas estavam no carro, mas ninguém se feriu com gravidade.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.