Postagem em destaque

QUEM SÃO OS BANDIDOS BRASILEIROS MAIS PROCURADOS NO PAÍS E NO MUNDO? VEJA LISTA

  Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) Traficantes e assaltantes conhecidos, ma...

LEGISLAÇÕES

sábado, 19 de dezembro de 2020

0

RECEITA FEDERAL E POLÍCIA FEDERAL REALIZAM OPERAÇÃO NO PORTO DE CABEDELO

 

A ação se desenvolveu por ser a primeira vez que sal marinho foi exportado pelo porto.

Na última terça-feira (15) a Receita Federal do Brasil (RFB), em conjunto com a Polícia Federal (PF), realizou uma operação de busca no navio graneleiro M/V Edamgracht, atracado no Berço 103/105 do Porto de Cabedelo, no litoral da Paraíba.

A operação, iniciada por volta das 9h, foi coordenada pelo auditor fiscal Gustavo Medeiros, da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (DIREP 04), da RFB. Os agentes inspecionaram a carga, por meio de amostragem, nos big bags dentro dos armazéns, caminhões e porões do navio, inclusive com a utilização de cães farejadores.

A ação se desenvolveu por ser a primeira vez que sal marinho foi exportado pelo Porto de Cabedelo, com desembarque na Europa. O navio recebeu 10 mil toneladas da carga, tendo a cidade de Mossoró-RN como origem e o Porto de Roterdã, na Holanda, como destino.

Mesmo durante a ação de fiscalização a operação de exportação da carga não parou, seguindo o curso normal de embarque.


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.