Postagem em destaque

CDRJ É CONDENADA A PAGAR DANOS MORAIS POR NÃO RENOVAR O PORTE DE ARMAS DE UM GUARDA PORTUÁRIO

  O magistrado assinalou que, ao proceder assim, a CDRJ expôs a vida e a integridade física do trabalhador a risco A Companhia Docas do Ri...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 8 de março de 2022

0

EUROPOL DETÉM TRÊS DEZENAS DE PESSOAS LIGADAS A REDE BRASILEIRA DE NARCOTRÁFICO

 

A maioria dos elementos da rede brasileira de narcotráfico foi presa no Brasil

Três dezenas de pessoas foram detidas esta semana numa grande operação policial contra uma rede de narcóticos brasileira, que transportava cocaína boliviana para a Europa, informou hoje a Europol.

A agência de polícia europeia revelou que “a organização criminosa conseguiu enviar vários carregamentos de cocaína de várias toneladas para a Europa de poucos em poucos meses” através de uma rede de distribuição sediada em Espanha. A maioria dos elementos da rede brasileira de narcotráfico foi presa no Brasil, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Santos e Volta Redonda, e sete pessoas foram presas em Barcelona. As autoridades descobriram uma infraestrutura de produção baseada na Bolívia, com linhas logísticas e de abastecimento no Brasil, Paraguai e Uruguai, disse ainda a Europol, que coordenou a operação.

A rede criminosa enviava a cocaína em contentores marítimos e coordenava as suas operações através do SKY ECC, um sistema de comunicações encriptadas, que foi descontinuado em 2021. A organização de traficantes criou uma rede de empresas para permitir a importação de drogas da América do Sul e a lavagem de dinheiro. A operação, que também envolveu as autoridades americanas, levou à descoberta de uma rede de distribuição com sede em Valência e Barcelona, responsável pela recepção dos carregamentos de cocaína e pela sua movimentação através do mercado europeu.

As autoridades brasileiras e espanholas intercetaram alguns dos carregamentos e identificaram várias empresas envolvidas no esquema criminoso. As apreensões incluíram droga, veículos, armas de fogo, dinheiro e várias contas bancárias no Brasil, Paraguai e Espanha. A investigação também descobriu centros de comando e controlo da organização no Dubai. As autoridades da Bélgica, Brasil, Itália, Holanda e Espanha apreenderam desde setembro de 2020 cerca de 10 toneladas de cocaína e cerca de 1,85 milhões de euros, informou a Europol.

Fonte: Impala Notícias


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.