Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO ESPECIAL DE SUPERVISÃO EM SEGURANÇA PORTUÁRIA

  O período de inscrição é de 18 de maio de 2022 a 05 de junho. Serão disponibilizadas 240 (duzentas e quarenta) vagas A Comissão Nacional...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 1 de junho de 2022

0

PF DEFLAGRA OPERAÇÃO RÁFIA CONTRA O TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS

 

Droga aprendida sairia do Porto de Santos com destino a Singapura

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã da última quinta-feira (26), a Operação Ráfia, para cumprimento de três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva, expedidos pela Justiça Federal, com a finalidade de aprofundamento de investigação sobre a prática do crime de tráfico internacional de drogas no Porto de Santos.

O crime que deu origem à investigação ocorreu através da contaminação de contêiner que teria destino final Singapura com transbordo no Porto de Santa Cruz de Tenerife, Ilhas Canárias, Espanha.

O nome Ráfia faz alusão ao modus operandi utilizada pela organização criminosa para camuflar 612 kg de cocaína, apreendidos no dia 8 de março.

Somente no ano de 2022 já foram apreendidos pela PF cerca de 5,6 toneladas do entorpecente no Porto de Santos.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.