Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

0

HONG KONG IMPORTA PÉS DE GALINHA DO BRASIL E RECEBE 300 KG DE COCAÍNA

Philip Chan (à esquerda) e o colega Alex Wong revelam detalhes da operação alfandegária. Foto: Sam Tsang

Apreensão recorde equivale a mais de um terço de toda a droga apreendida em 2022; valor estimado é de R$ 172 milhões

Uma carga de pés de galinha congelados que saiu do Brasil com destino a Hong Kong escondia cerca de 300 kg de cocaína, disseram autoridades do território chinês na quinta-feira (19).

De acordo com o jornal South China Morning Post - SCMC trata-se da maior ocorrência de tráfico marítimo de cocaína em uma década. A carga da droga, avaliada em mais de 260 milhões de dólares honcongueses (R$ 172,7 milhões), estava escondida em 30 das 1.800 caixas de pés de galinha importados do Brasil.

Funcionários da alfândega em Hong Kong disseram ao SCMP que ao menos três pessoas foram presas pelo crime, descoberto em 22 de dezembro e só divulgado na quinta pelas autoridades.

Um caminhoneiro de 67 anos que apareceu para recolher a carga foi detido no mesmo dia, e outros dois homens, de 38 e 72 anos, foram presos na quarta-feira (18). Os três acabaram libertados posteriormente, mas os dois últimos ainda aguardam julgamento.

Agora, as autoridades tentam identificar e rastrear outros membros do que seria uma quadrilha especializada em tráfico de drogas. O grupo usou um documento falso simulando um registro comercial de uma empresa honconguesa real para obter a licença de importação da carga de frango — e drogas.

O documento, no entanto, levantou suspeita na alfândega porque a empresa de fachada escolhida não tinha registro como importadora de alimentos. Logo, não poderia ter  encomendado as toneladas de pés de galinha.

A carga então foi inspecionada, e a droga encontrada, dividida em 300 tabletes, cada uma pesando 1 kg. A substância estava envolta em uma espécie de balão, de modo que não entrasse em contato com a umidade dos pés de galinha congelados. Além disso, segundo os oficiais da alfândega, o tipo de embalagem serviria para conter o cheiro da cocaína e despistar cães farejadores.

Philip Chan Siu-kau, do departamento de investigação de drogas da alfândega, disse ao SCMP que esta foi a maior apreensão de cocaína de 2022, equivalente a quase um terço do total do ano passado. A suspeita é de que parte da cocaína seria utilizada no tráfico de drogas de Hong Kong e o restante seria enviado à Austrália, onde a droga chega a valer cinco vezes mais.

Fonte: Folha.UOL


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.