Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 2 de março de 2023

0

POLÍCIA FEDERAL APREENDE 53,5KG DE COCAÍNA NO PORTO DE PARANAGUÁ

 

A droga, encontrada em compartimentos de bateria de máquinas retroescavadeiras, tinha como destino, em princípio, o Porto de Montevidéu, no Uruguai

A Polícia Federal (PF) apreendeu, na noite do domingo (19/2), 53.5kg de cocaína escondidos na carga de um navio atracado no Porto de Paranaguá/PR.

Após receber a informação do serviço de segurança da embarcação de que haveria um material suspeito no carregamento do navio, a PF foi até o local e encontrou a droga clandestinamente alocada em compartimentos de bateria de máquinas retroescavadeiras. Em princípio, o entorpecente tinha como destino o Porto de Montevidéu, no Uruguai.

Após ser recolhido, o material foi então arrecadado e encaminhado à Delegacia da Polícia Federal em Paranaguá, para os demais procedimentos legais.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.