Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 26 de junho de 2023

0

DELEGADO JEAN PIERRE LEITE ASSUME CHEFIA DA DELEGACIA DA PF DE PARANAGUÁ

 

Suas metas e objetivos são fortalecer a atuação da instituição na região, destacando o combate ao tráfico internacional de drogas

A cidade de Paranaguá, um dos principais centros estratégicos do Paraná, recebe, na última quinta-feira (22), o delegado Jean Pierre Leite como o novo chefe da Da Polícia Federal (PF) no município, que abrange as sete cidades do litoral. A solenidade de posse aconteceu o Palácio Taguaré, sede da empresa pública Portos do Paraná, que administra os portos de Paranaguá e Antonina.

Aos 49 anos, ele é o mais novo dos delegados chefe no estado, mas sua vasta experiência inclui atuação nas mais desafiadoras fronteiras do país, como Foz do Iguaçú e Ponta Porã (MS), bem como em importantes delegacias durante suas quase duas décadas de carreira na PF. Para Paranaguá, o delegado traz consigo uma visão focada na cooperação institucional, segurança pública e integração com a comunidade.

Nesta entrevista exclusiva ao JB Litoral, Jean Pierre compartilha suas metas e objetivos para fortalecer a atuação da instituição na região, destacando o combate ao tráfico internacional de drogas, crimes ambientais e o desempenho da Comissão Estadual de segurança Pública no Porto (Cesportos), coordenada pela PF.

Determinado a promover uma maior integração entre as instituições de segurança, aprimorar o diálogo com a comunidade local e implementar soluções tecnológicas no combate ao crime, o delegado deixa claro à população que a Polícia Federal está comprometida em oferecer os melhores serviços, contando com a parceria e apoio da população.

A seguir, confira os principais pontos abordados na entrevista e as considerações do delegado sobre a segurança pública em Paranaguá.

JB Litoral: Qual é a sua visão para a Polícia Federal em Paranaguá? Quase são suas principais metas e objetivos para o cargo?

Jean Pierre Leite: Paranaguá, além de cidade mãe do Paraná, é uma das cidades mais estratégicas do estado. Temos aqui um dos maiores portos do Brasil. Isso é uma ótima conquista, mas que traz consigo uma imensa responsabilidade.

Nesse cenário, a Polícia Federal tem grandes responsabilidades. Dentre nossas atribuições está a de Polícia Marítima a cargo do Núcleo Especial de Polícia Marítima (NEPOM). Além disso, também somos responsáveis pela repressão ao tráfico internacional de drogas, bem como aos crimes ambientais e entre outros. Portanto, todo e qualquer planejamento estratégico da Polícia Federal na região de Paranaguá deve, obrigatoriamente, comtemplar essas demandas.

De igual importância e responsabilidade é a coordenação exercida pela Polícia Federal na Comissão Estadual de Segurança Pública do Porto. A Cesportos é responsável pela análise e deliberação dos Estudos de Avaliação de riscos e dos Planos de Segurança Portuária dos terminais que operam nos portos de Paranaguá e Antonina. Ou seja, são inúmeras responsabilidades que devem estar presentes nas principais metas e objetivos da Delegacia de Polícia federal em Paranaguá.

JB Litoral: Como pretende fortalecer a cooperação entre a Polícia Federal e outras instituições de segurança em Paranaguá, como a Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Receita Federal e Guarda Portuária?

Jean Pierre Leite: A cooperação entre a Polícia Federal e outras instituições de segurança no município é de fundamental importância para sucesso em qualquer estratégia de trabalho. Manteremos contatos, bem como reuniões periódicas buscando, cada vez mais, a integração entre todas as instituições federais, estaduais e municipais, sejam elas de segurança, aduaneiras, ambientais ou marítimas. Essa é uma das diretrizes da atual gestão da Delegacia da Polícia Federal em Paranaguá.

JB Litoral: Como o delegado vê a importância da integração com a comunidade local para o trabalho da Polícia Federal? Quais ações pretende implementar para fortalecer essa relação?

Jean Pierre Leite: A Polícia Federal também presta atendimento à população da região, são sete municípios: Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, além de Paranaguá e pontal do Paraná. Disponibilizamos serviço de emissão de passaportes, imigração, registro de armas, entre outros. Portanto, o diálogo com a comunidade local e com a Prefeitura são indispensáveis para construir parcerias, melhorar nossos serviços e avançar na integração da Polícia Federal com a região.

Paranaguá vem se destacando como uma importante rota turística, principalmente, no segmento de cruzeiros e transatlânticos. Essa atividade demanda atuação direta da PF que, para um bom funcionamento, exige parceria com os municípios e com os operadores desse ramo turístico.

JB Litoral: Como a Polícia Federal utiliza a tecnologia e inovação no enfrentamento ao crime? E qual a abordagem da corporação em relação aos crimes cibernéticos em Paranaguá?

Jean Pierre Leite: A Polícia Federal já vem aprimorando continuamente o enfrentamento aos crimes praticados com o uso de tecnologia. Esta é uma política capitaneada pela Direção Geral aos Crimes Cibernéticos, composta por três coordenações: crimes de altas tecnologias, como ataques a órgãos públicos, fraudes bancárias; e a terceira responsável pelos crimes sexuais contra crianças e adolescentes na internet. Portanto, essa é uma demanda nacional e prioritária e, assim, é tratada em todas as unidades da Polícia Federal, inclusive em Paranaguá. Aqui já dispomos de vários equipamentos de alta tecnologia para todo o tipo de monitoramento e de varreduras para as mais diversas situações.

Jean Pierre Leite: A Polícia Federal é uma instituição de Estado e Republicana. O estado Democrático de Direito é a bússola que conduz nossas ações. Não mediremos esforços para prestarmos os melhores serviços à população da nossa região. Estamos de portas abertas para toda a comunidade. Contem conosco.

Fonte: JB Litoral


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.